27/07/2010 12:00 am

VALE QUER AINDA CRESCER EM MG E ES

VALE QUER AINDA CRESCER EM MG E ES

A Samarco Mineração, do grupo Vale, investirá R$ 5 bilhões até 2013 para expandir suas unidades de Minas Gerais e do Espírito Santo. 
O valor projetado poderá sofrer alterações, mas as obras devem começar no primeiro trimestre de 2011. “O cronograma exato vai depender da aprovação dos acionistas tanto da Vale”, explicou o superintendente do projeto, batizado de Quarta Pelotização da Samarco, Maury de Souza Junior.

De acordo com o executivo, cerca de metade dos investimentos será aplicada em Minas Gerais. “Essa decisão permitirá o aumento de 37,5% da capacidade de produção: dos 22 milhões de toneladas de pelotas de ferro do ano passado iremos para 30,5 milhões de toneladas por ano dentro de três anos”, disse o superintendente.

O projeto será o terceiro mineroduto da Samarco, e terá mais de 400 quilômetros de extensão, cortando 25 municípios dos dois estados onde a empresa atua. “Haverá a construção de uma quarta usina de pelotização no município capixaba de Anchieta e a melhoria das outras”, detalhou o executivo.

O novo investimento foi motivado pela recuperação das vendas, que levou a produção da Samarco a retornar aos níveis pré-crise e a empresa, a operar a plena carga. “Esse nosso novo projeto será mostrado ao Conselho de Administração da Samarco até o fim do ano; a expectativa é de 36 meses de duração”, afirmou o encarregado do programa.

O executivo lembrou que a Samarco também celebrou um contrato de transporte de minério e produtos siderúrgicos com a Usiminas, que controla a Estrada de Ferro Vitória a Minas e a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), que serão usadas para transportar as novas pelotas fabricadas.
Segundo comunicado enviado ao mercado pela Usiminas, o contrato assinado entre as empresas, com prazo de seis anos, refere-se ao escoamento de produtos siderúrgicos da Usina de Ipatinga, de Minas Gerais, com destino à Grande São Paulo.

De acordo com as estimativas da Usiminas, o contrato trará ao volume de transporte ferroviário um incremento de 744 mil toneladas por ano, perfazendo 990 mil toneladas por ano a partir de 2011, o que corresponde a um aumento de 32%.
O contrato deve trazer ainda aumento da eficiência de escala no escoamento e redução de custos estimada em R$ 1,9 milhão anual. “Para viabilizar esse incremento, a Usiminas acertou com a Vale uma operação para fabricar 150 vagões tipo plataforma, por meio da subsidiária Usiminas Mecânica.”

A Samarco Mineração, do grupo Vale, investirá R$ 5 bilhões até 2013 para expandir suas unidades de Minas Gerais e do Espírito Santo. As obras devem começar em 2011.

Fonte: site Panorama Brasil, 23/07/10 – por Paula Cristina, SP

FONTE: http://www.justicanostrilhos.org/nota/491

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br