25/01/2011 12:00 am

UNIDADE ESCOLAR DE SÃO LUÍS GANHA PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

UNIDADE ESCOLAR DE SÃO LUÍS GANHA PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

A rede municipal de ensino de São Luís foi premiada na 5ª edição do prêmio “Educar para a Igualdade Racial: experiências de promoção da igualdade étnico-racial em ambiente escolar”, do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdade (CEERT), em São Paulo. Desta vez, a Unidade de Educação Básica (UEB) contemplada com premiação foi a “Pastor Estevam Ângelo de Souza”, localizada no bairro da Cidade Operária.

 

A escola foi premiada nas categorias “Gestor Escolar” e “Professor” com o trabalho intitulado “Festejando a Cultura Afro-brasileira”. A experiência escolar aborda a questão da diversidade étnico-racial com o intuito de valorizar a construção da autoestima e afetividade nas relações de convívio social das crianças, a partir do resgate cultural, em especial do povo negro, utilizando a linguagem artística, a literatura infantil, a expressão corporal e as tradições essenciais para a construção da cidadania.

 

“Estou muito feliz com mais esta premiação para a rede municipal de ensino, porque isto demonstra que nossos profissionais têm desenvolvido um trabalho de qualidade junto aos nossos alunos”, enfatizou a secretária municipal de Educação, Sueli Tonial.

 

O prêmioA laureação é uma iniciativa do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdade (CEERT), desenvolvida em parceria com o Grupo Santander Brasil e a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir). 

 

O objetivo do “Educar para a Igualdade Racial: experiências de promoção da igualdade étnico-racial em ambiente escolar” é identificar, difundir, reconhecer e apoiar práticas pedagógicas e de gestão escolar que busquem a valorização da diversidade, entendida como conteúdo essencial para o pleno desenvolvimento dos alunos e como estratégia para a erradicação do racismo e do preconceito existentes na sociedade brasileira.

 

O prêmio é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) como uma das principais ações realizadas pela sociedade civil de promoção da igualdade étnico-racial na educação, bem como uma das principais ações de implementação da Lei n. 10.639/03, que alterou a Lei de Diretrizes e Bases (LDB), implementando o ensino da África e da cultura africana.

 

FONTE: http://www.saoluis.ma.gov.br/frmNoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=2940

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br