17/01/2012 12:00 am

UNE divulga sua programação no Fórum Social Temático 2012

UNE divulga sua programação no Fórum Social Temático 2012

 

A União Nacional dos Estudantes (UNE) está mobilizando jovens de todo Brasil a participarem do Fórum Social Temático (FST) 2012, um encontro mundial organizado por grupo de ativistas e movimentos sociais ligados ao processo do Fórum Social Mundial.

 

A União Nacional dos Estudantes (UNE) realizará uma série de atividades ligadas ao universo estudantil, a começar pela tenda que será armada no Acampamento Intercontinental da Juventude (AIJ), no Parque Harmonia, na orla do Guaíba, em Porto Alegre (RS). A entidade espera que o espaço seja um ponto estratégico para promover a integração de jovens de todos os países.

 

Em paralelo à discussão do evento, acontecerá também o Fórum Latino-americano de estudantes, garantindo a presença de entidades estudantis de toda América Latina. Durante esse encontro, a UNE lançará oficialmente a Jornada Continental de Lutas da Organização Continental Latino-americana e Caribenha de Estudantes (Oclae), marcada para março deste ano.

 

Outra atividade organizada pelo movimento estudantil brasileiro é o Seminário de Educação da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES). Além de promover o debate sobre os rumos deste setor no país, vai vincular a posse da nova diretoria da União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Sul (UEE-RS).

 

Na programação da UNE também são previstas participações em grupos de discussão acerca das seguintes temáticas: juventude e a crise capitalista; desenvolvimento sustentável; Rio +20; e os rumos da educação.

 

Segundo a diretora de Relações Internacionais da UNE, Luiza Lafetá, a presença da entidade no Fórum será importante para reiterar o papel do movimento estudantil no fortalecimento da conjuntura social.

 

“O ano de 2011 foi considerado o ano do ‘manifestante’, onde homens e mulheres resolveram ocupar o espaço público para protestar, derrubar regimes ou garantir mais direitos para a sociedade. Esse manifestante, em grande número jovem, multiplicou-se aos milhões e hoje vemos movimentações em todos os continentes. A presença do estudante, principalmente depois destas grandes manifestações, é fundamental para ajudar na construção de um mundo melhor, o mundo que queremos viver”, avaliou.

 

Nesta edição, o evento vai promover uma discussão prévia para a Cúpula dos Povos, que acontecerá paralelamente à Rio+20, em junho. Além disso, vai discutir a crise do capitalismo e formas de promover a justiça social.

 

Na agenda de debates, desponta “Conexões Globais 2.0”. A Casa de Cultura Mário Quintana será o centro de debates sobre nova cultura política, crise financeira, pós-capitalismo, bens comuns e conhecimento compartilhado. Intervirão ao vivo, via internet, ativistas de movimentos como a Primavera Árabe, Indignados e Occupy.

 

Porto Alegre

 

A capital gaúcha é onde nasceu os Fóruns Sociais Mundiais (FSMs) — que há mais de dez anos representa um espaço de articulação da sociedade civil global. Entre 24 e 29 de janeiro sediará mais uma vez esse encontro, desta vez temático, focado na “Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental”. As discussões vão se dar em torno de atividades inscritas pelos próprios participantes e num conjunto de reuniões preparatórias para a “Cúpula dos Povos”, um encontro autônomo na Rio+20, em junho, paralelo à reunião dos chefes de Estado no Rio.

 

Desde 2005, o Fórum Social Mundial ocorre apenas bianualmente. Nos anos pares do calendário, há, ao invés de um grande encontro de convergência, eventos menores, espalhados pelo mundo, como o deste ano.

 

O FST 2012 é organizado por um grupo de movimentos e organizações sociais brasileiras e internacionais com apoio do Conselho Internacional do FSM e que contam com a adesão dos Governos Brasileiro, Gaúcho, da UFRGS, Assembleia Legislativa do RS e das prefeituras das quatro cidades anfitriãs (Gravataí, Canoas, São Leopoldo, e Novo Hamburgo).

 

Shows

 

Em Porto Alegre, haverá uma vasta atividade cultural. Ao longo dos seis dias, a cidade receberá Gilberto Gil, Lecy Brandão, MVBill, Manu Chao, Gogol Bordelli (os dois últimos, a confirmar) e dezenas de outros artistas.

 

Fonte: UNE

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=173447&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br