13/01/2012 12:00 am

Ubes repudia ação da PM e apoia estudantes do Piauí

Ubes repudia ação da PM e apoia estudantes do Piauí

 

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) emitiu, hoje (13), nota para manifestar solidariedade às manifestações que estudantes têm protagonizado em Teresina, no Piauí, para protestar contra o reajuste da passagem de ônibus de R$ 1,90 para R$ 2,10 e a gratuitade no sistema de integração das linhas de ônibus. O Vermelho reproduz a nota na íntegra, abaixo.

 

Nota de Apoio á População Piauiense e repúdio à Agressão da Polícia Militar

 

A União Brasileira dos Estudantes Secundarista (UBES) vêm a público manifestar absoluto repúdio a atitude truculenta da polícia militar de Teresina, que sob orientação do governador Wilson Martins, e do prefeito Elmano Férrer, tem prendido e agredido brutalmente jovens estudantes e trabalhadores na tentativa de impedir o exercício pleno de democracia. A UBES reprova ainda a ação da CET-SEG, contratada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut), que também cumprindo o papel de agente repressivo do Estado, atuando paralelamente com a Tropa de Choque da PM.

 

Os manifestantes, em sua maioria são jovens estudantes de 16 a 24 anos, tem reivindicado pacificamente com marchas e interdições nas ruas do centro de Teresina, no Piauí. O motivo é a indignação contra o reajuste de R$ 1,90 para R$ 2,10 nas passagens de ônibus; ampliação da rede de integração da capital e a gratuidade da segunda passagem no sistema de integração de linhas. O ativismo dos estudantes, que de forma legítima, representa para todo o país o cenário que vive a sociedade piauiense, e que terá todo o apoio da UBES para garantir sua atuação.

 

Não podemos permitir que a censura e a violação do governo, com sprays de pimenta, balas de borracha e tropas firam a liberdade de expressão de cada cidadão, como aconteceu no Brasil durante a ditadura militar. Vimos nas últimas semanas, jovens de Teresina indo para cadeia por exercerem seus direitos, direitos que cabem ao próprio Estado garantir. Porém, essa é a mesma juventude que lutou contra a repressão dos militares em tempos de censura; apesar de toda a pressão feita pela polícia militar, os jovens continuam à ir às ruas e a buscar o diálogo com a prefeitura do estado tentando garantir a qualidade e acesso do transporte junto à opinião de toda população piauiense.

 

Revivemos nas páginas dos principais jornais do país, redes sociais e também na mídia internacional, a juventude que não foge da luta e que traz em sua atuação a combatividade contra toda forma de opressão. A UBES declara total apoio a todos os estudantes e trabalhadores de Teresina, lutando hoje nas causas decisivas para o futuro democrático do nosso país, democracia que se alimenta da ação dessa corajosa e consciente desses estudantes e trabalhadores que estão nas ruas.

 

Em apoio aos estudantes, trabalhadores de Teresina;

 

Pela garantia do direito à liberdade de expressão e democracia entre o povo e o governo

 

UBES #ContraoAumento!

 

Fonte: UNE

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=173238&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br