12/12/2012 12:00 am

TRT-SP mantém liminar que suspende demissões no Santander

TRT-SP mantém liminar que suspende demissões no Santander

 

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região manteve liminar que suspende as demissões sem justa causa feitas pelo Santander a partir do dia 6 na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. A informação é do sindicato, que participou nesta terça-feira(11) de audiência de conciliação na sede do TRT.

 

Nova audiência deve ocorrer nesta quarta-feira (12), às 15h, precedida de uma reunião entre as partes às 10h.

 

De acordo com a liminar deferida pela desembargadora Rilma Aparecida Hemetério, vice-presidente judicial do TRT, a multa diária é de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

 

Desde o início de dezembro, foram feitos mil desligamentos em todo o país, segundo o Santander. Mas representantes dos trabalhadores estimam que esse número supere 2 mil. Na base do sindicato de São Paulo, são 440 bancários em processo de demissão, número bem acima da média de homologações do Santander, de 77,8 por mês.

 

“Não adianta o Santander querer rever possíveis demissões ilegais, porque estas serão revertidas na Justiça. Queremos discutir as demais demissões de dezembro, como a de trabalhadores que estavam prestes a se aposentar ou daqueles com muitos anos de casa, entre outros casos”, disse a presidenta da entidade, Juvandia Moreira.

 

Também amanhã, às 9h30, o Ministério Público do Trabalho promove audiência de mediação, em Brasília, entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) e o Santander.

 

Fonte: Rede Brasil Atual

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=201096&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br