1/10/2012 12:00 am

Trabalhadores espanhois fazem nova manifestação contra medidas de arrocho do governo

Trabalhadores espanhois fazem nova manifestação contra medidas de arrocho do governo

Ao mesmo tempo, enquanto o governo espanhol tenta cortar gastos que acalmem investidores e ajudem a controlar seu déficit, as medidas de austeridade são alvo de fortes críticas da população do país, já penalizada com uma taxa de desemprego de cerca de 25% – a mais alta da Europa.

 

No último sábado, milhares de espanhóis foram às ruas de Madri em nova manifestação contra o plano de austeridade do premiê Mariano Rajoy.

 

No último sábado, o ministro do Tesouro, Cristobal Montoro, afirmou que a dívida deve alcançar o equivalente 85,3% da produção anual do país neste ano e chegar a 90,5% em 2013 – quase três vezes mais do que em 2008, quando estourou a bolha imobiliária espanhola.

 

O orçamento apresentado por Montoro prevê economizar 13 bilhões de euros no ano que vem, graças a cortes de gastos extremamente impopulares no país, em áreas como salários do funcionalismo, educação, saúde e serviços sociais, explica a agência Reuters.

 

Mais informações na página da BBC Brasil:

http://cspconlutas.org.br/2012/10/trabalhadores-espanhois-voltam-as-ruas-contra-novas-medidas-de-arrocho-do-governo/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br