29/06/2010 12:00 am

TRABALHADORES EM GREVE CONTRA MEDIDAS ANTI-TRABALHISTAS NA FRANÇA

TRABALHADORES EM GREVE CONTRA MEDIDAS ANTI-TRABALHISTAS NA FRANÇA
Trabalhadores franceses realizaram nesta terça-feira uma greve geral contra as medidas anti-trabalhistas tomadas pelo governo, protestando também a favor de medidas de estímulo ao emprego no país, já que as medidas governistas pretendem extinguir 30 mil vagas de trabalho.

Os funcionários do sistema de trens lideraram a marcha dos grevistas e foram acompanhados por trabalhadores do setor privado e outras áreas do funcionalismo público. Um em cada três professores de escola e um em cada quatro funcionários do correio e da companhia de energia elétrica EDF participam da greve.

As manifestações aconteceram ao longo de todo o dia, em cerca de 200 cidades. Milhares de professores, funcionários do correio e de hospitais não foram trabalhar. Muitos bancos foram fechados e alguns operários que foram cortados por causa da crise também participam da manifestação.

A greve dos franceses visa ainda destacar o descontentamento dos trabalhadores com o governo de Nicolás Sarkozy. Os líderes dos grevistas afirmam que a França deveria seguir o exemplo do Reino Unido e oferecer auxílio aos consumidores.

“Por vários meses, especialmente desde que a crise explodiu, nós temos pedido que o governo tome várias medidas, principalmente para ajudar a alavancar o consumo”, disse Jean-Claude Mailly, chefe da Force Ouvriere. “Até agora nós não vimos nenhuma resposta e quando você não dialoga, recebe uma demonstração de força”, completou.

Da redação, com agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=9&id_noticia=132379

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br