20/10/2010 12:00 am

TENTATIVA DE GOLPE NO EQUADOR É LIÇÃO PARA FORTALECER DEMOCRACIAS

TENTATIVA DE GOLPE NO EQUADOR É LIÇÃO PARA FORTALECER DEMOCRACIAS

O embaixador do Equador na Venezuela, Ramon Galarza Torres disse que a recente tentativa de golpe contra o presidente, Rafael Correa, serviu para fortalecer as democracias na América Latina e especialmente nos países onde os governos têm tendências progressistas.

Durante sua participação no programa La Hojilla, que transmite diariamente a rede Venezolana de Televisão, o diplomata disse que a revolta liderada pelas polícias na nação andina, permitiu o fortalecimento de modelos democráticos na região e a perda da “ingenuidade” sobre a real disposição da direita de derrubar governos que não estão dispostos a violar os direitos das pessoas em benefício de um pequeno grupo.

“Os povos da América Latina defendem a democracia como um patrimônio de amor e liberdade. Podemos ter sofrido uma espécie de ingenuidade democrática que nos fez sentir muito confiantes. Mas, no Equador, não vamos repetir os erros de concessões que em determinado momento podem servir como fatores de desestabilização e de uma nova tentativa de golpe “, disse o diplomata.

Da mesma forma, defendeu que as democracias na América Latina sejam “blindadas” com mais democracia, onde haja uma defesa efetiva da institucionalidade e das conquistas democráticas, a fim de assegurar o bem estar coletivo.

Ele também afirmou que a capacidade conspirativa da direita e do imperialismo será derrotada pelos povos, que utilizarão como armas sua soberania, consciência e capacidade organizativa.

 

Fonte: Prensa Latina
Tradução: Luana Bonone

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=7&id_noticia=139677

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br