27/08/2012 12:00 am

Técnicos-administrativos aceitam proposta e retomam as atividades

Técnicos-administrativos aceitam proposta e retomam as atividades

 
A proposta do governo contempla reajustes de 15,8%, divididos em três parcelas, a serem pagas em 2013, 2014 e 2015

 

BRASÍLIA – A Federação dos Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra) assinou na sexta-feira, 24, com representantes dos ministérios da Educação e do Planejamento, Orçamento e Gestão, o acordo que prevê reajuste salarial e diversas vantagens na carreira. Com isso, os servidores devem voltar ao trabalho a partir desta segunda-feira, 27. 

A proposta do governo contempla reajustes de 15,8%, divididos em três parcelas, a serem pagas em 2013, 2014 e 2015. Os servidores passam a ter elevação do degrau entre um nível e outro de 3,6% para 3,8% entre 2014 e 2015. Além disso, houve aumento dos percentuais de qualificação para incentivo àqueles que têm ou que obtiverem a titulação de graduação, especialização e pós-graduação. 

O impacto do reajuste concedido pelo governo federal será de 2,9 bilhões, em três anos, no orçamento da União. “Os acordos firmados com os professores e servidores técnico-administrativos das universidades e institutos federais de educação, ciência e tecnologia reflete a prioridade do governo Dilma à educação”, disse o secretário de educação profissional e tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antônio Oliveira. “Além de ganhos reais, eles propiciam o fortalecimento das carreiras, com o estímulo ao mérito, à dedicação exclusiva e à titulação”. 

Projeto — Os acordos firmados com os professores e com os técnicos-administrativos federais atingem 42% dos servidores federais ativos. Os ministérios da Educação e do Planejamento já concluíram a elaboração do projeto de lei que trata das carreiras. A proposta será encaminhada ao Congresso Nacional até o dia 31 próximo. Dessa forma, as negociações estão encerradas, embora haja a possibilidade de adesão por parte de sindicatos que ainda não assinaram os acordos. 

Participaram da assinatura do acordo os secretários de relações de trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça; de educação superior do MEC, Amaro Lins, e de educação profissional e tecnológica do MEC, Marco Antônio Oliveira. Pela Fasubra, assinou a coordenadora-geral da entidade, Janine Teixeira. 

Texto original 

http://www.ufma.br/noticias/noticias.php?cod=13077

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br