6/10/2010 12:00 am

SINPROESEMMA DISCUTE AÇÕES A FAVOR DA APROVAÇÃO DO ESTATUTO

SINPROESEMMA DISCUTE AÇÕES A FAVOR DA APROVAÇÃO DO ESTATUTO

A direção do SINPROESEMMA relaizará na próxima sexta-feira, (08), pela manhã, na sede do sindicato, encontro extraordinário  cuja finalidade é tratar  com os representantes de Núcleos e  da Delegacias Regionais – da  mobilização para a aprovação pelo governo do Estado  (Secretaria de Estado de Educação), do Estatuto do Educador.

Além deste, outros encaminhamentos estão em pauta e deverão ser discutidos também na oportunidade,  como por exemplo: promoção, progressão, titulação e recomposição salarial – assuntos pendentes   e que precisam de destaque  nos próximos movimentos  concebidos por esta  entidade de classe.

“Esta ação é mais uma parte da luta em defesa de direitos consagrados aos trabalhadores em educação. É neste seminário que teremos que construir  estratégias de mobilização dos trabalhadores”, disse Júlio Pinheiro, presidente do SINPROESEMMA, sobre a reunião.

Atividades

Desde o ano passado, a direção do  SINPROESEMMA em conjunto com os trabalhadores em educação do Estado, vem desenvolvendo inúmeras atividades a favor da aprovação pelo governo – do Estatuto do Educador.

Por vezes, foram realizadas reuniões  com as comissões (governo e SINPROESEMMA), para discutirem pontos divergentes entre ambas as partes. Mesmo insistindo com encaminhamentos relativos ao documento, ainda assim, o governo apresentou proposta que desabona o trabalhador em itens como promoção, progressão e inserção do funcionário de escola no Estatuto do Educador.

Paralisação

Já no segundo semestre deste ano (setembro/ 2010), a categoria decidiu por paralisação durante 144 horas, em função do não cumprimento do acordo feito entre governo e sindicato no sentido de reaver a discussão sobre as políticas de melhoria da qualidade do trabalho dos educadores maranhenses. Mesmo assim, esta ação não surtiu o efeito desejado o que contrariou milhares de trabalhadores.

Além da paralisação no início de setembro passado, os trabalhadores manifestaram-se no dia 16 do mesmo mês, pelas ruas do centro de São Luís, com concentração na Praça Deodoro (Biblioteca Pública), finalização em frente ao Palácio dos Leões. O foco novamente foi o encaminhamento das discussões e posterior aprovação pela Assembléia Legislativa do Estatuto do Educador. Também em foco, a não implantação por prefeitos municipais do Estado, do piso salarial nacional aprovada em 2008.

FONTE: http://www.sinproesemma.com.br/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br