23/11/2010 12:00 am

SES PROMOVE AÇÕES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR

SES PROMOVE AÇÕES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR

Em função da alimentação considerada inadequada por causa da carência de nutrientes e por motivar a obesidade, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem incentivado a discussão sobre o tema por meio de palestras e outras atividades.  Uma das ações é a oficina de “Capacitação em Promoção da Alimentação Saudável e de Antropometria”, que tem início nesta terça-feira (23), em Imperatriz, e se prolonga até a próxima sexta (26).

A capacitação tem como objetivo formar multiplicadores que possam estimular práticas alimentares saudáveis e contribuir para a prevenção dos distúrbios nutricionais, orientando a população sobre os índices antropométricos (relativos ao conjunto de técnicas utilizadas para medir o corpo humano ou suas partes), recomendados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), referentes ao peso, altura e cintura, para manter a boa forma e saúde.

Outros pontos importantes que estão sendo abordados no treinamento dizem respeito à estruturação do programa Bolsa Família e a efetivação do Sistema Nacional de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), instrumento para obtenção de dados de monitoramento do estado nutricional e do consumo alimentar das pessoas (crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes), que freqüentam as Unidades Básicas do SUS.

Participam da oficina, profissionais de nutrição ligados a Secretaria Municipal de Saúde de Imperatriz, enfermeiros e técnicos que desenvolvem o programa de Estratégia de Saúde da Família, e dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), dos 15 municípios pertencentes à Regional Tocantina.   

Segundo a coordenadora Técnica de Alimentação e Nutrição, Sueli Ismael Oliveira, a oficina permitirá além da capacitação a formação de multiplicadores de uma consciência saudável e o estimulo às boas práticas de manutenção corporal. “Estimular esta consciência reflete diretamente na qualidade de vida da população e na redução dos índices de problemas ligados aos maus hábitos alimentares”, afirmou.

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=12899

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br