14/02/2011 12:00 am

SES IMPLANTA PRIMEIRA VERSÃO DO SISTRABALHOSUS

SES IMPLANTA PRIMEIRA VERSÃO DO SISTRABALHOSUS

 

O Maranhão foi um dos cinco estados a implantar a primeira versão do Sistema Gerencial da Gestão do Trabalho do SUS (SisTrabalhoSUS), segundo informação divulgada recentemente pelo Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde (Degerts) do Ministério da Saúde. Considerado uma importante ferramenta de gestão da força de trabalho, o Sistema é um dos componentes do Programa de Qualificação e Estruturação da Gestão do Trabalho e da Educação no SUS (ProgeSUS).

Implantado em abril de 2010, o SisTrabalhoSUS está em fase adiantada de operacionalização no Maranhão. Com ele, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) poderá acompanhar, planejar e formular políticas que atendam a demandas específicas, com enfoque para a capacitação associada à adequada ocupação funcional.

Adesão

No Maranhão, 33 municípios aderiram ao ProgeSUS. Para isso, 40 técnicos da área de recursos humanos dessas cidades participaram do curso de Atualização de Informação e Informática em Gestão do Trabalho no SUS para implantação do SisTrabalhoSUS nas respectivas secretarias municipais de saúde.

A capacitação, com carga horária de 40 horas, foi ministrada pelo Degerts e certificado pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP). Representantes dos Conselhos dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e técnicos da SES também fizeram parte do curso. Como parte do processo de expansão, 20 mil cópias do Sistema Gerencial chegam este semestre a 5.565 municípios do país.   

“Para 2011, a nossa intenção é levar o SisTrabalhoSUS para todos os municípios maranhenses que manifestarem interesse nessa ferramenta de gestão”, informou o coordenador do Sistema Gerencial da SES, Ricardo Lima.

O Sistema foi desenvolvido pelo Degerts da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGETS) do Ministério da Saúde. A ideia de implantá-lo surgiu a partir do resultado de pesquisas desenvolvidas pelo Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) e pelo Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (IMS/Uerj) detectando que uma das grandes carências para a formulação de políticas eficazes na área de educação em saúde seria uma ferramenta que possibilitasse a visualização da força de trabalho nas unidades de saúde e, ao mesmo tempo, a demanda específica por profissionais nessas unidades.

“A dedicação e empenho da SES têm sido alvo de reconhecimento por parte do Ministério da Saúde nos encontros e congressos nacionais que participamos”, disse Ricardo Lima, explicando que a Secretaria desempenha importante papel de assessoramento técnico e monitoramento das ações do Progesus, desde a sua adesão até a sua completa operacionalização.   

Além do Maranhão, Mato Grosso, Ceará, Roraima e Pernambuco já estão utilizando o SisTrabalhoSUS. O Sistema permite que periodicamente sejam lançadas novas versões com incrementos de qualidade, de processos e de informação. Segundo o coordenador nacional do InforSUS, Waldirlando Lemos, se encontra em estudo uma segunda versão baseada na demanda dos estados, que vêm sugerindo alterações no modelo original. 

“Trabalhamos com esse Sistema desde abril de 2010. Para 2011, temos mais três projetos para implantação em outros municípios. Estamos informando que as Secretarias Municipais de Saúde não precisam fazer de imediato a adesão ao Progesus para começar a implantar o Sistema Gerencial”, disse ele.

O que ProgeSUS

O Programa de Qualificação e Estruturação da Gestão do Trabalho e da Educação no SUS (ProgeSUS) é um programa de cooperação técnica e financeira com estados e municípios, cujo objetivo é o fortalecimento das estruturas de gestão do trabalho e da educação no SUS, visando à sua efetiva qualificação.

O programa engloba quatro componentes: financiamento para a modernização dos setores de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde de secretarias estaduais, do Distrito Federal e de municípios por meio da aquisição de mobiliário e de equipamentos de informática; disponibilização, pelo Ministério da Saúde, de Sistema de Informação Gerencial para o setor de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde; capacitação de equipes que atuam no referido setor das Secretarias da Saúde de estados, do Distrito Federal e de municípios; e participação, por parte das secretarias que aderirem ao ProgeSUS, no Sistema Nacional de Informações em Gestão do Trabalho do SUS.

 

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=14321

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br