10/02/2011 12:00 am

SES AMPLIA PARTICIPAÇÃO POPULAR NA GESTÃO DO SUS POR MEIO DE CALL CENTER

SES AMPLIA PARTICIPAÇÃO POPULAR NA GESTÃO DO SUS POR MEIO DE CALL CENTER

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) está colocando a disposição dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) no Maranhão, um serviço de call center para recebimento de denúncias, críticas e sugestões. A central atuará como ferramenta de gestão, contribuindo para definição de ações que resultem em melhorias na prestação de serviços.

O atendimento do call Center será feito a partir do recebimento de chamadas para o numero 160. O sistema está sendo instalado nas dependências da Ouvidoria do SUS, ligada a SES, no Bairro Ivar Saldanha. “Nesta primeira fase a implantação está sendo concentrada no treinamento dos operadores que farão o atendimento aos usuários, para que em funcionamento o serviço possa dispor da brevidade necessária para atender a demanda”, revelou a coordenadora da Ouvidoria, Maria Neusa Lima.

No treinamento ministrado pelos técnicos da ouvidoria da SES, em parceria com a Vigilância Sanitária estadual, estão sendo repassadas aos atendentes por meio de palestras e aulas, noções básicas sobre técnicas de acolhimento via telefone, e informações a respeito dos princípios e diretrizes do SUS.

Durante o atendimento o operador deverá notificar e classificar possíveis denúncias e sugestões formalizadas pelos usuários, por meio de um questionário, e o encaminhamento de pedido de solução imediata ao setor responsável.

O novo canal que irá se somar ao número 0800-611997 (que realiza o serviço em todo o país e é disponibilizado pelo Ministério da Saúde) terá como uma das principais vantagens no modelo de atendimento a adequação das demandas a realidades do estado e diminuição no tempo de espera pelo atendimento.

“Nós tomamos conhecimento das demandas através das notificações feitas pelo serviço gratuito do Ministério da Saúde. Com a estruturação do serviço próprio de atendimento da Ouvidoria, o usuário terá uma maior participação na implantação de medidas, e um tempo de espera ao telefone e de resposta ao problema muito menor”, afirmou à coordenadora.

 

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=14228

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br