1/10/2010 12:00 am

SERVIDORES DA UNB SUSPENDEM PARALISAÇÃO INICIADA NA ÚLTIMA TERÇA-FEIRA

SERVIDORES DA UNB SUSPENDEM PARALISAÇÃO INICIADA NA ÚLTIMA TERÇA-FEIRA

Da Redação*

Em São Paulo

Servidores da UnB (Universidade de Brasília) suspenderam nesta quinta-feira (30) a paralisação que havia sido retomada na terça-feira (28). Os servidores ficaram em greve durante 187 dias; o protesto havia terminado em 21 de setembro. Eles reivindicavam o pagamento da URP (Unidade de Referência de Preços) a todos os técnicos e o cálculo da restituição dos salários cortados desde maio, com base nas remunerações de 2010.

Com a liminar do STF (Supremo Tribunal Federal) e o parecer da Advocacia-Geral da União assegurando o cumprimento da decisão, a URP dos técnico-administrativos está garantida. A reitoria da instituição também se comprometeu a fazer uma consulta sobre a folha suplementar para o pagamento da parcela nos próximos dias.

“A administração cumpriu sua parte e foi parceira nessa luta que envolveu toda a Universidade. Agora temos que pressionar o Ministério do Planejamento para autorizar a folha”, disse Antônio Guedes, coordenador-geral do Sintfub (Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília). O processo com os cálculos com a URP integral e os atrasados desde maio já foram repassados pela Secretaria de Recursos Humanos da UnB aos ministérios da Educação e do Planejamento.

Uma nova assembleia da categoria será realizada no dia do fechamento da folha de pagamento de outubro, previsto para o dia 15. Até lá, um comando de mobilização formado por técnicos deve se reunir semanalmente para acompanhar o andamento do processo. “A greve só acaba de vez quando a folha com a URP estiver fechada. Apesar da conquista da categoria é preciso manter a mobilização”, comentou o coordenador-geral do Sintfub, Cosmo Balbino.

* Com informações da Agência UnB.

FONTE: http://educacao.uol.com.br/ultnot/2010/09/30/servidores-da-unb-suspendem-paralisacao-iniciada-na-ultima-terca-feira.jhtm

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br