18/06/2010 12:00 am

SEM TERRA SÃO SOLTOS NA BAHIA

SEM TERRA SÃO SOLTOS NA BAHIA
18 de junho de 2010

Por Raumi Souza
Da Página do MST

Foram soltos os cinco militantes do MST que estavam presos na delegacia de Itaberaba, na Chapada Diamantina, na Bahia, na tarde desta quinta-feira.

Os trabalhadores foram presos no dia 25 de março, na cidade de Wagner, quando a Polícia Militar, junto com um fazendeiro, invadiu um acampamento de Sem Terra.

A PM alegou que ter encontrado quatro espingardas de caça, atribuiu a posse das armas aos trabalhadores rurais e utilizou como pretexto para prendê-los. Com isso, o juiz decretou prisão preventiva dos cinco trabalhadores rurais.

A libertação dos militantes fez parte das reivindicações do Movimento no estado, inclusive da jornada de lutas de abril. Foi realizado também um um grande ato popular organizado em Utinga.

Prisões no Sudoeste

Oito trabalhadores rurais estão presos há 31 dias no Sudoeste baiano. A situação continua bastante tensa e o Movimento está em busca de uma intermediação para liberar os militantes.

Na madrugada de 16 de maio, 10 Sem Terra foram presos na cidade de Iguaí, no sudoeste baiano. A Polícia Militar alegou que os Sem Terra se dirigiam para uma ocupação, montou uma emboscada e prendeu os trabalhadores rurais. Também foram apreendidos carros, sacolas e objetos pessoais.

Até agora, dois trabalhadores rurais foram soltos (dentre eles, um menor de idade) e os demais, sete homens e uma mulher, continuaram encarcerados nas delegacias de Iguaí e Ibicuí e transferidos para o presídio de Vitória da Conquista.

Cerca de 300 famílias ligadas ao MST ocuparam a fazenda Lajedo, no município de Iguaí em protesto contra a prisão irregular dos militantes, no dia 22 de maio. Uma série de organizações, comerciantes e movimentos sociais do município de Vitória da Conquista se manifestaram em solidariedade ao MST, contra a criminalização da luta pela Reforma Agrária e pela liberdade dos companheiros.

FONTE: http://www.mst.org.br/node/10118

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br