12/06/2012 12:00 am

Sem-terra invadem pedágios e liberam cancelas no RS

Sem-terra invadem pedágios e liberam cancelas no RS

FELIPE BÄCHTOLD
DE PORTO ALEGRE

Integrantes de movimentos sem-terra invadiram praças de pedágio e liberaram cancelas em pelo menos cinco pontos no interior do Rio Grande do Sul nesta terça-feira (12).

Os manifestantes protestam contra concessões de rodovias à iniciativa privada e apoiam um projeto do governo Tarso Genro (PT-RS) que cria uma empresa pública para administrar as estradas. A proposta tem previsão de votação nesta terça na Assembleia Legislativa do Estado.

Os protestos envolvem militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Via Campesina e MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens). Segundo os manifestantes, são sete manifestações pelo Rio Grande do Sul.

A Polícia Rodoviária Federal contabiliza cinco protestos pelo Estado, como em Eldorado do Sul (região metropolitana de Porto Alegre) e na BR-116, em Rio Grande (sul gaúcho).

Tarso já avisou que não vai renovar concessões de rodovias no Estado que vencem em 2013. As concessionárias prometem se mobilizar contra o governo.

O projeto que cria a Empresa Gaúcha de Rodovias prevê que o novo órgão explore pedágios públicos e comunitários. Assinaram um documento de apoio à proposta entidades como a CUT (Central Única dos Trabalhadores) e OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), além dos movimentos que comandam os protestos desta terça.

“Só por sair da iniciativa privada e ir para o setor público é um avanço”, disse o coordenador estadual do MST no RS, Cedenir de Oliveira.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/1103615-sem-terra-invadem-pedagios-e-liberam-cancelas-no-rs.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br