13/01/2011 12:00 am

SEJAP DISCUTE PLANO DE METAS PARA O SISTEMA PENITENCIÁRIO

SEJAP DISCUTE PLANO DE METAS PARA O SISTEMA PENITENCIÁRIO

O secretário de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), Sérgio Tamer, promoveu, nesta quarta-feira (12), nas instalações da secretaria, o primeiro Encontro de Dirigentes de Unidades Prisionais. A reunião contou com a presença de profissionais que trabalham diretamente com o sistema no Maranhão. Eles fizeram uma explanação detalhada de suas principais dificuldades e as demandas foram anotadas pela equipe da Secretaria, para posteriormente, serem incluídas no plano de metas para a reestruturação do sistema.

Além de Sérgio Tamer, participaram da reunião o secretário-adjunto de Justiça e Administração Penitenciária, João Bispo Serejo; o secretário-adjunto de Justiça e Reintegração Social, Frei Ribamar Cardoso; a subsecretária da Sejap, Leopoldina Barros, e o desembargador José de Ribamar Froz Sobrinho.

Segundo Sérgio Tamer, a intenção da governadora Roseana Sarney ao compor a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária é unir esforços para mudar a realidade do sistema prisional no Maranhão. Ele disse que a meta é que a Justiça maranhense seja um modelo para todo o Brasil.

“O sistema precisa avançar para que possamos dizer que ele está próximo do ideal. E esse é o nosso desafio, razão pela qual estamos convocando a união de todos aqueles que trabalham nessa área. A partir daqui, trabalharemos, por meio dos diferentes eixos da Secretaria, com metas em curto, médio e longo prazo”, afirmou Sérgio Tamer.

O encontro contou com a presença de representantes da capital e interior. De acordo com o diretor da Central de Custódia de Presos de Justiça do Anil, Fredson Pinheiro Maciel, a composição da nova pasta será fundamental para que problemas antigos do sistema prisional sejam finalmente sanados. “Todos nós estamos empenhados para mudar essa realidade e, sem dúvida alguma, a indicação do secretário Sérgio Tamer foi uma excelente medida da governadora Roseana Sarney”, declarou Fredson.

Frei Ribamar Cardoso, coordenador da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), é agora o secretário-adjunto de Justiça e Reintegração Social. Ele foi o responsável pela implantação do projeto piloto no município de Pedreiras e reforçará a equipe que transformará o sistema prisional no Maranhão. O projeto foi concebido em 1972, em São José dos Campos, e atualmente está surtindo efeito em diferentes países.

Para o desembargador Froz Sobrinho, o melhor caminho para reestruturação do sistema prisional no Maranhão é a união dos esforços. “Precisamos contar com a união de todas as pessoas que estão à frente das ações. O Tribunal de Justiça se coloca a disposição para que, juntos, possamos sanar os problemas pontuais que enfrentamos atualmente”, destacou Froz Sobrinho.

 

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=13687

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br