11/11/2010 12:00 am

SECRETARIA QUEBROU O ACORDO, DIZ PASTOR MARCOS

SECRETARIA QUEBROU O ACORDO, DIZ PASTOR MARCOS

Um dia depois do fim da rebelião que resultou na morte de 18 detentos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, o pastor Marcos Pereira da Silva, da Assembléia de Deus dos Últimos Dias, um dos responsáveis pela libertação dos cinco monitores feitos reféns no Presídio São Luís, fez duras críticas à Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA). A indignação do religioso foi provocada pelo não cumprimento das promessas feitas pelo secretário Aluisio Mendes e demais negociadores aos presos.

O pastor Marco Pereira e a equipe ministerial estavam na manhã desta quarta-feira na Penitenciária de Pedrinhas (um dos locais onde houve motim dos presos) onde realizou um culto e evangelizou os detentos. Depois do evento religioso, Marco Pereira falou com exclusividade à equipe de reportagem de O Imparcial Online sobre o acordo feito entre a SSP, membros do Ministério Público, a direção da casa prisional e os detentos rebelados.

Segundo o religioso, as promessas feitas pelas autoridades locais não foram cumpridas. Ele revelou que todos concordaram em atender as exigências feitas pelos presos: visitas nas celas, a não transferência de nenhum detento para o presídio federal (Mato Grosso do Sul), a garantia de integridade física e a garantia de exercerem os direitos.

“Estou triste porque a Secretaria de Segurança descumpriu o acordo feito. O secretário e demais negociadores deram a palavra que ninguém seria transferido, mas o que vimos foram 23 presos sendo levados de madrugada para o presídio federal. Ele (o secretario Aluisio Mendes) garantiu que iria cumprir o acordo feito, deu a palavra e não cumpriu. Não importa se você é secretario ou bandido, se deu a palavra tem que cumprir. Peço as autoridades locais que revisem isso e se possível, traga os jovens de volta, pois isso abala a credibilidade de todos. Se a secretaria começa a descumprir os acordos, estão abrindo brecha para novas rebeliões e negociar será mais difícil”, disse.

A respeito das declarações do pastor, a SSP disse que uma nota seria enviada, porém, até o fechamento desta edição não havia se pronunciado.

Fonte : O Imparcial

FONTE: http://www.tribunadomaranhao.com.br/noticia/secretaria-quebrou-o-acordo-diz-pastor-marcos-7954.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br