29/10/2010 12:00 am

SARKOZY AFIRMA QUE NÃO PERMITIRÁ QUE TERRORISTAS DECIDAM SUA POLÍTICA

SARKOZY AFIRMA QUE NÃO PERMITIRÁ QUE TERRORISTAS DECIDAM SUA POLÍTICA

France Presse

BRUXELAS, 29 Out 2010 (AFP) -O presidente francês Nicolas Sarkozy afirmou nesta sexta-feira que o país não terá sua política ditada por ninguém, menos ainda por terroristas, depois das ameaças do líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, contra a França.

“A França não deixará sua política ser ditada por ninguém e menos ainda por terroristas”, afirmou Sarkozy em uma entrevista coletiva em Bruxelas ao fim de uma reunião da União Europeia (UE).

“A lei sobre a burca foi votada e promulgada. A República Francesa indicou claramente sua escolha”, acrescentou.

Em uma mensagem divulgada na quarta-feira pelo canal Al-Jazeera, Bin Laden advertiu que a França só terá segurança se retirar suas tropas do Afeganistão e acabar com as “injustiças” em relação aos muçulmanos.

De acordo com o líder terrorista, os muçulmanos “têm o direito” de responder à lei francesa sobre a proibição do véu islâmico integral e a utilizar a violência contra os “invasores” franceses.

FONTE: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/10/sarkozy-afirma-que-nao-permitira-que-terroristas-decidam-sua-politica.html

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br