21/02/2011 12:00 am

SÃO LUÍS SE ANTECIPA E APRESENTA PROJETO DO NOVO ANEL VIÁRIO PARA O PAC MOBILIDADE

SÃO LUÍS SE ANTECIPA E APRESENTA PROJETO DO NOVO ANEL VIÁRIO PARA O PAC MOBILIDADE

O prefeito de São Luís, João Castelo, reuniu-se, em Brasília, com o ministro das Cidades, Mário Negromonte, logo após a solenidade de apresentação dos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento Mobilidade Grandes Cidades, e detalhou o projeto do novo Anel Viário para a capital maranhense, o “Rodoanel”, que já será incluído no PAC II. Serão 20 Km de uma extensa malha viária para o transporte urbano de massa com ciclovias e corredores exclusivos de ônibus.

 

Na última quarta-feira (16), a presidenta Dilma Rousseff e Mário Negromonte detalharam, em Brasília, os investimentos que farão parte do PAC Mobilidade em reunião que contou com a presença de João Castelo, da ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, prefeitos, governadores e demais autoridades. O programa, orçado em R$ 18 bilhões, vai financiar a ampliação e melhoria da infraestrutura do transporte público nas 24 maiores cidades brasileiras, entre elas São Luís, que está no segundo grupo dos municípios que possuem de 1 a três milhões de habitantes, com recursos de R$ 430 milhões.

 

“O PAC Mobilidade vai desestrangular o transporte nas grandes cidades que estão com suas estruturas sufocadas. Durante a reunião, a presidenta Dilma Rousseff destacou que esses investimentos são prioritários e os recursos serão aplicados para resolver esse problema crônico que atinge 24 grandes municípios”, afirmou João Castelo.

 

Segundo o secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Domingos Brito, que acompanhou o prefeito de São Luís na reunião em Brasília, o projeto do novo Anel Viário (Rodoanel) tem como ponto de partida a Avenida Ferreira Goulart, contorna o Rio Anil, interliga os bairros do Vinhais, Cohafuma, Ipase, atravessa a Avenida Daniel de La Touche, passa pelo Caratatíua, Vila Palmeira, Anil, Cohab, Avenida São Luís Rei de França, por trás do Shopping Rio Anil, Itapiracó, Holandeses e Litorânea. “Trata-se de um extenso projeto de transporte urbano de massa, que vai ampliar e melhorar a malha viária da capital maranhense”, explicou.

 

PAC MobilidadeAs cidades poderão fazer as inscrições de seus projetos a partir desta segunda-feira (21) no site do Ministério das Cidades, seguindo critérios pré-estabelecidos para enquadramento. Entre eles, garantia de sustentabilidade operacional dos sistemas, compatibilidade entre a demanda e os modais (tipos de transportes) propostos e adequação às normas de acessibilidade. Serão priorizadas as propostas que beneficiem áreas com população de baixa renda, com projeto básico pronto e situação fundiária regularizada. São Luís já se antecipou e apresentou o projeto do novo Anel Viário.

 

Além de São Luís, o PAC Mobilidade beneficiará também as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Recife, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Manaus, Belém, Goiânia, Guarulhos, Campinas, Maceió, Teresina, Natal, Campo Grande, João Pessoa, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e São Bernardo do Campo.

 

Os municípios, todos com mais de 700 mil habitantes, foram divididos em três grupos de acordo com sua população. Eles terão até o dia três de abril para apresentar projetos a serem analisados pelo governo. A divulgação das propostas selecionadas deverá acontecer até o próximo dia 12 de junho.

 

No grupo de São Luís estão Manaus, Belém, Goiânia, Guarulhos e Campinas. Eles poderão sugerir até três projetos, num total de R$ 430 milhões.

 

A condição para o início dos repasses é a apresentação de projetos executivos, mais detalhados do que a proposta que será avaliada pelo governo até junho. A depender da relevância do plano, o governo poderá, inclusive, financiar a produção do mesmo.

 

Os municípios terão que apresentar 5% de contrapartida e, segundo o Ministério das Cidades, não haverá contingenciamento.

 

FONTE: http://www.saoluis.ma.gov.br/frmNoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=3023

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br