18/11/2010 12:00 am

SÃO LUÍS ESTÁ LONGE DO RISCO DE SURTO DA DENGUE, GARANTE MINISTÉRIO DA SAÚDE

SÃO LUÍS ESTÁ LONGE DO RISCO DE SURTO DA DENGUE, GARANTE MINISTÉRIO DA SAÚDE

A população ludovicense pode ficar tranquila. São Luís está fora do risco de epidemia da dengue, sendo uma das dez capitais do país que apresentam índice satisfatório por consolidar os dados da doença. As informações são do Ministério da Saúde que acaba de divulgar um novo Mapa de Infestação pelo Mosquito do Aedes Aegypti no Brasil.

 

Duas capitais e 15 municípios estão em risco de surto da doença no Brasil, 11 deles estão localizados na região Nordeste. São cinco em Pernambuco, quatro no Rio Grande do Norte e dois na Bahia. Outros 37 municípios estão em situação de alerta e 16 estão com índice satisfatório – incluindo as capitais São Luís, Teresina e João Pessoa.

 

“Parabéns à população de São Luís que está conseguindo fazer o dever de casa e mandando para bem longe o risco de uma epidemia da doença. Mas os cuidados não devem parar! Por isso, continuamos trabalhando no combate ao mosquito, informando sobre os sintomas da doença em seus mais variados tipos”, disse o secretário municipal de Saúde, Gutemberg Araújo, fazendo referência às ações de combate e controle da doença, efetivadas pela Semus. 

 

“Desde 2007, São Luís já possui o seu Plano Municipal de Contingência da Dengue, que é anualmente reeditado, de acordo com o avanço ou retrocesso da doença. A capital se preparou bem para conter a doença e, hoje, estamos à frente de muitos municípios brasileiros no tocante ao controle da dengue”, ressaltou o secretário.

 

Entre as capitais brasileiras, 11 estão em situação de alerta em relação à dengue – Salvador, Palmas, Rio de Janeiro, Maceió, Recife, Goiânia, Aracaju, Manaus, Boa Vista, Fortaleza e Vitória. Essas cidades merecem total atenção, pois qualquer descontinuidade nas ações de controle pode alterar o quadro para situação de risco.

 

Semana de mobilizaçãoAté sábado (20), Dia Nacional de Mobilização contra a Dengue, a Semus intensifica suas ações de combate à doença que ajudam a alertar a população sobre os perigos do mosquito Aedes aegypti e dos criadouros de larvas. O encerramento vai acontecer na UEB Mário Andreazza, localizada à Rua Correia de Araújo, 400, Liberdade (antigo Matadouro, próximo ao ponto final do ônibus).

 

Toda a logística desta Semana foi organizada pelo Comitê Municipal de Mobilização contra a Dengue, representado por várias instituições públicas – como a Semus, secretarias de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Educação (Semed) e de Meio Ambiente (Semmam) de São Luís; Secretaria de Estado da Saúde (SES), Caema, Anvisa, Defesa Civil do Estado, Corpo de Bombeiros, Sesc, Conselho Municipal de Saúde, entre outras.

FONTE: http://www.saoluis.ma.gov.br/frmNoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=2705

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br