12/11/2012 12:00 am

Revoltados, operários protestam em Belo Monte e clima de greve se espalha

Revoltados, operários protestam em Belo Monte e clima de greve se espalha

A revolta tomou conta do canteiro de obras do “sítio Pimental” na tarde deste sábado (10). Após o anúncio da proposta de aumento salarial feita pelo CCBM (Consórcio Construtor Belo Monte) de apenas 11% de aumento real, os trabalhadores se revoltaram e atearam fogo em alojamentos, departamentos administrativos e galpões.

 

O SINTRAPAV (Sindicato da categoria), que apoiou a proposta de 11% do Consórcio, foi expulso do canteiro juntamente com toda a equipe administrativa do sítio.

 

“A gente fica preso aqui seis meses sem poder ver a família, a gente fala no máximo duas vezes por semana com a esposa.  Nossa hora é muito barata, enquanto em Jiral [RO] um profissional esta ganhando melhor e visitando a família de três em  três meses, ainda vem  um sindicato que só vem na obra para da apoio pro consorcio,” disse um auxiliar de montagem funcionário do Consorcio.

 

Os operários estão em plena Campanha Salarial, no sábado dia foi o ultimo dia de prazo para o Consorcio apresentar proposta de aumento. A partir de segunda-feira (12) os operários dos outros canteiros também deverão se mobilizar.

Nos dias que antecederam a esses acontecimentos, o clima já era de muita incerteza e apreensão por parte dos operários. Enquanto o boletim do SINTEPAV só se preocupava em dizer que eles são os representantes “legais” da categoria, os trabalhadores queixavam-se da falta de informação sobre os parâmetros das negociações.

 

Altamira: um clima de cidade sitiada

 

Mais uma vez a atitude do Governo Federal (Dilma-PT), neste caso,  com apoio do governo Estadual (Jatene-PSDB), tem sido o de intensificar a militarização do conflito (que já parecia previsto). Helicópteros Militares sobrevoam a cidade várias vezes ao dia. As informações dão conta de que a Força Nacional de Segurança, juntamente com a Polícia Militar do Estado do Pará mantém suas tropas dentro do Sítio Pimental (uma das frentes de trabalho da obra) e um patrulhamento no entorno do “empreendimento” e ruas de Altamira.

 

 Todo Apoio à luta dos operários de Belo Monte!

 

Não à Criminalização os movimentos sociais!

 

Por Emiliano de Oliveira, de Altamira PA, 11 de novembro de 2012 (enviado da CSP-Conlutas – Central Sindical e Popular)

http://cspconlutas.org.br/2012/11/revoltados-operarios-protestam-em-belo-monte-e-clima-de-greve-se-espalha/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br