4/09/2012 12:00 am

Reunião ampliada da Secretaria Executiva da CSP-Conlutas debate campanhas salariais do semestre

Reunião ampliada da Secretaria Executiva da CSP-Conlutas debate campanhas salariais do semestre

A próxima reunião da Secretaria Executiva Nacional, que ocorre na quarta-feira (5/09), será ampliada à participação dos diversos setores do movimento sindical, popular e estudantil, em especial, às categorias que estão em campanha salarial, agora, no segundo semestre. O objetivo da atividade é debater a unificação e encaminhamento dessas lutas e como será a atuação da Central.

 

A CSP-Conlutas orienta todas as entidades, oposições e movimentos para socializarem com as demais categorias presentes na reunião suas mobilizações e debates que estão sendo feitos em cada entidade.

 

Categorias com peso em setores estratégicos na economia, entre os quais, bancários, metalúrgicos, petroleiros e trabalhadores do Correios já começam suas campanhas salariais neste segundo semestre por melhores salários, direitos e condições de trabalho.

 

O governo e os empresários, a exemplo das campanhas salariais dos servidores públicos, metroviários, construção civil de Fortaleza (CE), entre outras, estão dispostos a enfrentar de forma intransigente os trabalhadores.  Utilizarão como desculpa para não ceder as reivindicações a crise internacional, como já vem fazendo o Governo Dilma.

 

Nessa reunião vamos buscar estratégias que fortaleçam as campanhas para enfrentar a dureza do governo, e também dos empresários e banqueiros, que recebem subsídios públicos, como redução de IPI e outras concessões fiscais, e vão querer dar a desculpa de que não tem dinheiro para aumentar os salários dos trabalhadores.

 

Campanha contra o ACE – Dentro do contexto das lutas do segundo semestre será abordado na reunião o ACE (Acordo Coletivo Especial) que voltou à pauta do governo Federal e, o pior, a partir de uma proposta do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, que já ganhou o apoio de entidades patronais como a FIESP e a FIERGS.

 

O ACE propõe um novo padrão de negociação coletiva, por empresa, com possibilidade de flexibilização dos direitos trabalhistas. A proposta possibilita que, nas negociações coletivas, o negociado prevaleça sobre o legislado. Se aprovado, abrirá brechas para que as férias e o adicional de um terço, o aviso prévio e o pagamento de insalubridade e periculosidade, por exemplo, sejam reduzidos ou parcelados. É a velha reforma trabalhista, proposta desde os tempos do governo FHC, com uma nova roupagem e a CSP-Conlutas estará à frente da campanha para impedir esse ataque aos trabalhadores.

 

A Secretaria Executiva Nacional Ampliada às Categorias em Luta, será realizada em São Paulo, às 10h, no Hotel São Paulo Inn – Largo Santa Ifigênia, 44 – Centro – São Paulo/SP.

http://cspconlutas.org.br/2012/08/reuniao-ampliada-da-secretaria-executiva-da-csp-conlutas-debate-campanhas-salariais-do-semestre/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br