4/07/2012 12:00 am

Reitoria da Universidade Federal do Paraná é ocupada por alunos

Reitoria da Universidade Federal do Paraná é ocupada por alunos

 

Um grupo de estudantes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) ocupa desde a noite desta terça-feira o prédio da Reitoria da instituição para pressionar a direção a atender as reivindicações apresentadas pelo Comando de Greve dos estudantes.

 

Os servidores estão proibidos de entrar no local, que fica no centro de Curitiba, e com isso diversos serviços estão paralisados. O acesso ao prédio é controlado pelos alunos e, segundo a universidade, não houve confronto nem resistência dos seguranças patrimoniais durante a ocupação.

 

Não foi possível conversar com nenhum representante dos alunos até o momento para informar os motivos da ocupação. Na tarde desta terça já houve uma manifestação na Reitoria para cobrar melhorias na educação e, desde o dia 30 de maio, os universitários estão em greve para apoiar aparalisação dos professores das universidades federais, que pedem o cumprimento de um acordo salarial assinado no ano passado.

 

Grupo de estudantes ocupou o prédio da Reitoria da UFPR para pressionar a direção a atender as reivindicações apresentadas pelo Comando de Greve dos Estudantes

 

O comando dos estudantes grevistas informou que só vai se pronunciar em uma entrevista coletiva, marcada para esta quarta-feira, às 15 horas, no pátio da Reitoria. Eles cobriram todas as janelas e portas de vidro do prédio com papelão e cartazes de protesto e não estão permitindo que a imprensa faça fotos.

 

Cartazes com críticas a presidente Dilma Rousseff foram colocados na janela do edifício e os cartazes da chapa do atual reitor foram todos rasgadas.

 

Os alunos estão concentrados no terceiro andar do prédio, onde fica a Sala dos Conselhos, o maior espaço do local e usado normalmente para reuniões. Segundo um servidor que não quis se identificar, na noite de terça, ao perceber a intenção dos alunos, alguns funcionários conseguiram trancar boa parte das salas do prédio.

 

A Reitoria da UFPR fica entre os edifícios Dom Pedro I e Dom Pedro II e atrás do Teatro da Reitoria, no complexo de salas da universidade nas esquinas das Ruas XV de Novembro, Dr. Faivre, Amintas de Barros e General Carneiro.

 

Negociação

 

A Reitoria da UFPR informou que funcionam no prédio o gabinete do reitor Zaki Akel Sobrinho, a secretaria dos conselhos da universidade, a Pró-Reitoria de Planejamento, a Procuradoria da instituição é a Comissão de Acompanhamento dos Docentes. Todos esses serviços administrativos estão paralisados nesta quarta-feira (4).

 

A ocupação ocorreu após uma reunião dos estudantes com uma comissão da direção da universidade, que acontecia no prédio Dom Pedro II. No início da noite, os estudantes foram ao hall do edifício da Reitoria para realizar uma assembleia e, então, decidiram ocupar o local em protesto.

 

A comissão que negociava com os alunos informou que espera a desocupação do prédio para retomar o diálogo e, pediu, bom senso aos estudantes para não danificar o patrimônio público.

 

A pró-reitora de Graduação, Maria Amélia Sabbag Zainko, classificou a atitude dos alunos de impensada e desnecessária. “O que nós lutamos é pela educação de qualidade, só que não me parece que a ocupação seja a forma mais apropriada de garantir a busca por essa qualidade”, declarou.

 

“Entendemos que se trata de um grande movimento nacional para o avanço da educação e que o diálogo é essencial”, afirmou a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Rita de Cássia Lopes.

 

O secretário geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Vinicius Martins, explicou que desde a deflagração da greve no fim de maio foi criado um Comando de Greve, que assumiu a negociação junto a Reitoria. Segundo ele, um representante do DCE participa do comando, mas não da ocupação. “O DCE não participa da ocupação”, falou.

 

Fonte: Gazeta do Povo

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=187635&id_secao=1

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br