30/11/2010 12:00 am

REGIÕES MAIS POPULOSAS PERDEM ESPAÇO NA DISTRIBUIÇÃO TERRITORIAL DOS BRASILEIROS

REGIÕES MAIS POPULOSAS PERDEM ESPAÇO NA DISTRIBUIÇÃO TERRITORIAL DOS BRASILEIROS

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Embora continuem sendo as regiões mais populosas do país, Sudeste, Nordeste e Sul estão, percentualmente, perdendo espaço na distribuição territorial dos brasileiros. Dados preliminares do Censo 2010, divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicam que, em agosto de 2010, a Região Sudeste respondia por 42,1% do total de brasileiros (80,3 milhões de pessoas). No Censo de 2000, essa participação era de 42,8%. Segundo o Censo 2010, o Brasil já ultrapassou a marca de 190 milhões de habitantes.

Em uma década, o número de pessoas que vivem na Região Nordeste caiu de 28,2% da população brasileira para 27,8%. O mesmo fenômeno ocorreu na Região Sul, que viu a participação no percentual de brasileiros cair de 14,8% para 14,4% entre 2000 e 2010.

O número de habitantes da Região Norte, por sua vez, passou de 7,6% para 8,3% da população brasileira, enquanto na Região Centro-Oeste essa participação subiu de 6,9% para 7,4%.

São Paulo segue como o estado mais populoso do país, com 41,2 milhões de habitantes. Na outra ponta da tabela está Roraima, o menos populoso, com 451,2 mil habitantes.

O Censo 2010 também indica mudanças no rol dos maiores municípios do país. A região metropolitana de Brasília, que em 2000 era a sexta em número de habitantes, aparece no último censo em quarto lugar. O aumento da população de Manaus também foi expressivo e fez com que a capital do Amazonas subisse do nono para o sétimo lugar em número de habitantes.

Edição: Vinicius Doria

FONTE: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ultimasnoticias?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_56_groupId=19523&_56_articleId=1111553

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br