20/09/2010 12:00 am

RECESSÃO NOS EUA É A MAIS LONGA DESDE A SEGUNDA GUERRA

RECESSÃO NOS EUA É A MAIS LONGA DESDE A SEGUNDA GUERRA

O Departamento Nacional de Pesquisa Econômica (NBER, na sigla em inglês) anunciou nesta segunda-feira (20) que a mais longa recessão dos Estados Unidos desde a 2ª Guerra Mundial durou 18 meses e terminou em junho de 2009.

O NBER é um painel de economistas acadêmicos localizado em Cambridge, Massachusetts, encarregado de datar o início, que fixou em dezembro de 2007, e o fim das recessões no país. Antes disso, os períodos de desaceleração mais longo do pós-guerra foram 1973-1975 e 1981-1982. Nos dois casos, a duração foi de 16 meses. A recessão é caracterizada pela queda generalizada da produção, refletida no recuo do PIB.

Nova recessão?

A decisão marca oficialmente o que muitos economistas acreditaram por algum tempo, que a recessão acabou no verão de 2009. A economia dos EUA começou a crescer de novo no trimestre de julho a setembro do ano passado, após quatro trimestres seguidos de declínio. Assim, o intervalo de abril a junho de 2009 marcou o último trimestre de contração da economia. Naquela ocasião, o recuo foi de 0,7%, após retrações muito mais acentuadas.

No segundo trimestre deste ano, o ritmo de recuperação da economia estadunidense declinou fortemente, empurrado principalmente pela queda na venda de imóveis. Além disto, o desempenho do mercado de trabalho vai de mal a pior, o que renovou as preocupações com a possibilidade de uma recaída na recessão.

Todavia, para o NBER qualquer desaceleração futura na economia vai marcar o início de uma nova recessão e não a continuidade da recessão iniciada em dezembro de 2007. Isto é importante porque se a economia começar a encolher de novo, pode marcar uma recessão em W, que caracteriza o chamado duplo mergulho. Para muitos economistas, a última vez que isso ocorreu foi em 1981-82.

Da redação, com agências

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=2&id_noticia=137428

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br