12/11/2010 12:00 am

REALIZADO SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO DOS NÚCLEOS HOSPITALARE

REALIZADO SEMINÁRIO DE INTEGRAÇÃO DOS NÚCLEOS HOSPITALARE

Com o objetivo de avançar na melhoria das ações integradas da assistência com a Vigilância Epidemiológica no ambiente hospitalar, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) fez a abertura nesta quinta-feira (11), no Praia Mar Hotel (Calhau), do I Seminário de Integração dos Núcleos Hospitalares de Epidemiologia do Maranhão.

O evento que termina nesta sexta-feira (12), contou com a presença do superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças, Henrique Jorge Santos; da coordenadora estadual dos Núcleos Hospitalares de Epidemiologia, Jakeline Rios; da coordenadora nacional da rede dos núcleos hospitalares de epidemiologia, Polyanna Ribeiro; e da coordenadora municipal de Vigilância Epidemiológica, Elza Soares.

“O seminário tem como finalidade disseminar o trabalho dos núcleos e expandir o seu trabalho para outros hospitais do interior e da rede privada”, disse Henrique Jorge.

No Maranhão existem núcleos hospitalares de epidemiologia no Hospital Geral, nos Socorrões I e II, no Hospital Presidente Vargas e no Hospital Universitário Presidente Dutra. “Antigamente a Vigilância ia até aos hospitais para saber se tinha pessoas com certos agravos. Hoje já existe, nos principais hospitais do Maranhão, a atuação dos núcleos”, explica Henrique. “Uma ponte entre a assistência e a vigilância epidemiológica. Com isso se aceleram as medidas de pretensão, prevenção e as providências para interromper a transmissão ou impedir o procedimento do agravo”, completou o superintendente.

Polyanna Ribeiro destacou a importância deste tipo de encontro para o trabalho dos núcleos no Maranhão e no Brasil. “Essa iniciativa da Secretaria de Saúde é importantíssima, pois daremos destaque ao trabalho desenvolvido pelo núcleo e a sua importância no combate e prevenção de diversas doenças”, afirmou.

O trabalho desenvolvido pelos Núcleos foi fundamental no período da epidemia da gripe H1N1. “Foram eles que possibilitaram a troca rápida de informações entre os hospitais e a vigilância, otimizando o monitoramento dos casos suspeitos e o controle do avanço da doença no Estado”, destacou Henrique Jorge.

Jakeline Rios, que está à frente da implantação dos núcleos desde o seu início, em 2007, enfatiza a importância do trabalho desenvolvido pelas equipes. “O hospital é a porta de entrada para muitas doenças. A presença da vigilância dentro dos hospitais possibilita não só uma identificação rápida da presença do agravo, como facilita em outros trabalhos realizados pela vigilância, como o monitoramento e prevenção”, conclui.

A Secretaria de Estado da Saúde está implantando ainda mais 16 Núcleos Hospitalares de Epidemiologia, distribuídos em 14 municípios, fortalecendo a Vigilância Epidemiológica no seu papel na detecção e resposta às emergências de saúde pública e nas prioridades que são pactuadas. Dentre os Núcleos em implantação, destacam-se três maternidades: Maternidade Marly Sarney, na capital, Maternidade Carmosina Coutinho, no município de Caxias e o Hospital Regional Materno Infantil, no município de Imperatriz. Os núcleos dentro dessas unidades terão como foco não só a notificação de agravos, mas também a melhoraria na vigilância do óbito materno, infantil e fetal e de mulheres em idade fértil.

FONTE: http://www.ma.gov.br/agencia/noticia.php?Id=12706

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br