18/07/2012 12:00 am

Protestos marcam último dia de parlamentares europeus no Paraguai

Protestos marcam último dia de parlamentares europeus no Paraguai

 

Dia de protestos relacionados com a rejeição à destituição do presidente Fernando Lugo, constituiu o último dia da missão do Parlamento Europeu, no Paraguai, que foi informar-se sobre a situação no país.

 

Os legisladores receberam uma delegação de trabalhadores do Estado, despedidos de seus cargos, e a delegados de partidos políticos. Entre os manifestantes haviam empregados que entregaram aos deputados europeus um documentro com os casos de mil servidores públicos e trabalhadores demitidos dos seus cargos pelo novo Executivo, ato que qualificaram de perseguição política.

Depois de escutá-los atenciosamente, um dos visitantes explicou que, ainda que não pudesse tomar posição, pois sua visita era de informação, submeteriam todos os dados entregues nas diferentes instâncias do Parlamento Europeu.

.

Paralelamente, embora longe da capital, o presidente da República, Federico Franco foi objeto de protestos pela visita que realizava ao departamento de Caaguazú, segundo reportou a versão digital do jornal Última Hora.

 

Os manifestantes, que conseguirarm  atrasar o percurso de Franco,  lançaram consignas solicitando o regresso de Lugo ao cargo para o qual foi eleito.

 

Também durante o agitado dia foram  interrompidas na rede as páginas do site do Ministério de Fazenda e da agência oficial de notícias IP Paraguai. Os eurodeputados partirão nesta quarta-feira (18) de Assunção .Espera-se que façam algumas declarações à imprensa como encerramento da visita.

 

Fonte: Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=188789&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br