22/07/2010 12:00 am

PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES EM LEMBRANÇA DE JOVENS ASSASSINADOS PELA POLÍCIA DO RIO

PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES EM LEMBRANÇA DE JOVENS ASSASSINADOS PELA POLÍCIA DO RIO

Entre os dias 22 e 26 de julho ocorrem atividades que lembrarão os 20 Anos do Caso Acari, que foi simbólico, tanto quanto ao aprofundamento da violência estatal contra as favelas e comunidades pobres, quanto à articulação da resistência popular a esse verdadeiro processo de genocídio da população negra, pobre e favelada no Brasil. Na ocasião, a resistência se expressou na luta, internacionalmente reconhecida, das Mães de Acari.

Chacinas da Candelária e de Acari
No dia 22 de Julho, na véspera do aniversário da Chacina da Candelária, haverá uma vigília das 18 às 22h, diante da Igreja da Candelária, para lembrar os 17 anos do assassinato das crianças e jovens naquele massacre, o desaparecimento, até hoje sem solução, dos onze jovens de Acari, bem como todos os casos de desaparecimentos forçados, chacinas e outras graves violações cometidas no Rio de Janeiro nos últimos 20 anos. Estarão presentes familiares de vítimas da violência, inclusive de outros estados brasileiros, organizações e militantes que defendem os direitos humanos, movimentos sociais e lutadores populares.

No dia 23 de Julho, 17º aniversário da Chacina da Candelária, haverá mais uma edição da Caminhada em Defesa da Vida, que este ano também assumiu os 20 Anos do Caso Acari como tema. A programação completa é a seguinte:

9:00: Concentração em frente a Igreja da Candelária

10:00: Missa pelas crianças e jovens que morreram em frente a Igreja da Candelária e por todos os jovens que foram mortos no Rio.

11:00: Ato Ecumênico

11:30: Caminhada em Defesa da Vida – 20 ANOS DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990) – Trajeto: Av.Rio Branco até a Cinelândia.

12:30: Ato Político

13:00: Apresentação Cultural

No dia 25 de Julho, será realizada no Grêmio Recreativo Escola de Samba Favo de Acari (Rua Piracambu, 605 – Acari) uma Homenagem às Mães de Acari, com a seguinte programação:

Das 15 às 18:00: Declamação de poesias, atividades de música e dança, grafite

18:00 – Exibição do documentário Luto como Mãe, que entre outros casos aborda a luta por justiça das Mães de Acari

19:30: Depoimentos das Mães, de familiares de vítimas de vários casos e estados do Brasil, e de pessoas que se destacaram na solidariedade.

No dia 26 de Julho haverá a Caminhada em Lembrança dos 20 Anos do Caso Acari, com a seguinte programação:

9:00: Culto ecumênico em frente ao Hospital de Acari (Av Pastor Martin Luter King, 10976).

Das 10 às 12:00: Caminhada pela Avenida Brasil e pela Rua Bulhões Marcial (Lucas-Vigário) até a Praça Catolé do Rocha em Vigário. Depoimentos e apresentações durante o trajeto.

12:00: Encerramento na Praça Catolé do Rocha com apresentações teatrais e culturais.

Ajude a divulgar, organize sua comunidade, grupo ou movimento para estar presente com faixas e cartazes, esse é um momento muito importante para lembrarmos que a luta iniciada pelas Mães de Acari é mais necessária do que nunca, e para dizermos bem alto: Não ao Esquecimento, Sim à Justiça!

Mais informações sobre o Caso Acari: DO LUTO À LUTA: A EXPERIÊNCIA DAS MÃES DE ACARI


Rede Contra Violência
 
Telefones de contato:
Patrícia: 9809-9199
Alexandre: 9284-8702
Mauricio: 9977-4916

FONTE: http://www.piratininga.org.br/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br