14/03/2012 12:00 am

Professores portugueses apoiam luta pelo piso nacional

Professores portugueses apoiam luta pelo piso nacional

 

Protesto de três dias, contando desta quarta-feira (14), mobiliza professores das escolas públicas de nível básico de todo Brasil na luta contra o descaso de grande parte dos gestores públicos em não garantir educação de qualidade e para cobrar dos governantes o cumprimento da Lei Nacional do Piso.

Em apoio à mobilização, a Comunidade das Organizações Sindicais de Professores e Trabalhadores em Educação dos Países de Língua Portuguesa (CPLP-Sindical) e a Federação Nacional de Professores de Portugal enviaram à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) carta externando seu apoio as entidades à greve nacional da Educação iniciada nesta quarta-feira.

 

Conheça a nota das entidades portuguesas na íntegra:

 

Em nome da CPLP-Sindical de Educação e da FENPROF, Federação Nacional de Professores, de Portugal, somos a manifestar o nosso total apoio e solidariedade com a greve nacional que ireis realizar entre os dias 14 e 16 de Março de 2012, desejando que ela traduza inequivocamente o apoio dos professores e trabalhadores da educação brasileiros aos nobres objetivos que estão na base da sua convocação.

 

A luta por uma educação pública de qualidade, gratuita, universal e laica, são objetivos partilhados também pelas nossas organizações, assim como a defesa intransigente da lei que institui o piso a nível federal, importantíssima vitória da CNTE e dos professores do Brasil.

 

Estamos convosco. Um abraço solidário

 

Abel Macedo

Secretário para as Relações Internacionais da FENPROF

Secretário-Coordenador da CPLP-SE

 

 

Com agências

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=178036&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br