22/06/2010 12:00 am

PROFESSORES FARÃO ASSEMBLEIA NA QUINTA-FEIRA

PROFESSORES FARÃO ASSEMBLEIA NA QUINTA-FEIRA
Esta manhã, os professores em greve se concentraram em frente à prefeitura.

SÃO LUÍS – Os professores da rede municipal de São Luís voltam a se reunir em assembleia, nesta semana, para decidir sobre a greve que já dura mais de um mês. Nas escolas, salas vazias e sem previsão de volta às aulas. Assista à reportagem de Tiago Soares, da TV Mirante.

A informação é a mesma, há mais de um mês, em quase todas as escolas da rede municipal. Tanto tempo sem funcionar, que uma escola, no bairro Alemanha, até entrou em reforma. Os portões permanecem fechados na maioria das unidades de ensino.

Esta manhã, os professores em greve se concentraram em frente à prefeitura para mostrar que o movimento continua firme. Com cartazes e contra-cheques, mantêm o discurso reivindicando repasse salarial e outros benefícios.

A professora Neli Batista Machado, com mais de oito anos na rede municipal de ensino, diz que desde dezembro não recebe os cinco por cento de acréscimo por dificuldade de acesso, pago a quem trabalha em escolas da zona rural. Além disso, ela reclama que leciona em dois turnos e recebe apenas por um.

Os professores continuam reclamando da inflexibilidade e da falta de diálogo na Secretaria Municipal de Educação. Diante disso, já planejam se reunir na próxima quinta-feira, em assembleia geral, para decidir os passos que irão seguir.

No dia 16, a Câmara Municipal aprovou o reajuste salarial de 8% concedido pela prefeitura. Os professores querem 27,5%. No dia 25 de maio, a greve foi declarada ilegal pelo Tribunal de Justiça.

FONTE: http://imirante.globo.com/noticias/2010/06/22/pagina245529.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br