12/06/2012 12:00 am

Professores e estudantes ocupam parte da av. Rio Branco, no Rio

Professores e estudantes ocupam parte da av. Rio Branco, no Rio

NICOLAS BRAGA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DO RIO

Docentes das instituições do ensino superior do Estado do Rio de Janeiro e estudantes universitários ocupavam parte da av. Rio Branco por volta das 17h desta terça-feira (12). No horário, o grupo seguia em direção à Praça 15.

Dentre as reivindicações do movimento estão a reestruturação da carreira de docente e recomposição salarial por parte dos professores. Já o movimento estudantil luta pelo aumento de sua bolsa, novos restaurantes universitários e melhor infraestrutura de ensino.

Segundo o 1º Tesoureiro da Adufrj-SSind, a Seção Sindical dos Docentes da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), José Henrique Sanglard, a carreira de docência hoje, assim como os salários, está totalmente distorcida.

“Estamos hoje nas ruas lutando por melhores condições de trabalho”, afirma.

Uma exposição também será montada na Praça 15 onde a comunidade poderá conhecer as atividades desenvolvidas pelas universidades e assistir a algumas aulas.

Nayara Costa, estudante de direito da Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) e coordenadora de movimentos sociais e combate à repressão do DCE, diz que há êxodo de professores da universidade para instituições particulares por causa da defasagem salarial.

“A Uerj é a única universidade que não adota o sistema de dedicação exclusiva para seus professores. Além disso, os estudantes do Rio de Janeiro possuem a pior bolsa do país, R$ 300. É hora de lutarmos por nossos direitos e aproveitar essa movimentação nacional em prol da educação”, disse Nayara.

Sanglar afirmou que um novo ato público está sendo articulado para o dia 20.

http://www1.folha.uol.com.br/saber/1103663-professores-e-estudantes-ocupam-parte-da-av-rio-branco-no-rio.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br