25/06/2010 12:00 am

PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL: ASSEMBLEIA GERAL DECIDE PELA CONTINUAÇÃO DA GREVE

ASSEMBLEIA GERAL DECIDE PELA CONTINUAÇÃO DA GREVEEm Assembléia Geral ocorrida nesta quinta-feira (24/06), na FETIEMA (Federação dos Trabalhadores da Indústria do Maranhão), os professores da rede municipal de ensino optaram pela continuidade da greve geral. A categoria vai continuar fora da sala de aula na luta pelo reajuste salarial de 27.5% e pelos demais itens presentes na pauta de reivindicação 2010.

Já são 36 dias de paralisação, o que significa que cerca de 116 mil alunos do município continuarão sem aulas até que o prefeito retire a proposta de 8% de reajuste aprovada pela maioria dos vereadores na semana passada. Segundo a diretoria do SINDEDUCAÇÃO , essa proposta está muito abaixo da reivindicada pelos professores o que dificulta uma negociação com o governo municipal.

Os quase 700 professores presentes na assembléia discordaram do argumento da SEMED que diz não haver recursos para realizar o reajuste pretendido. É de entendimento da categoria que os recursos repassados à prefeitura pelo governo federal através do FUNDEB são suficientes para atender as reivindicações dos educadores. O FUNDEB já repassou cerca de R$ 159,7 milhões para prefeitura, portanto falta de dinheiro não pode ser desculpas para não atender aos professores.

A greve continua por todo o mês de julho descartando, portanto, a possibilidade de reposição das aulas perdidas durante a paralisação. Nesta segunda-feira, os educadores farão uma nova reunião para definir a nova agenda de mobilização.

FONTE: http://www.sindeducacao.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=159&Itemid=28

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br