16/10/2010 12:00 am

PROFESSORA DENUNCIA DEMORA DE ATENDIMENTO NO HOSPITAL CARLOS MACIEIRA – HCM

PROFESSORA DENUNCIA DEMORA DE ATENDIMENTO NO HOSPITAL CARLOS MACIEIRA – HCM

A espera por um simples exame de rotina, como um hemograma, por exemplo, pode chegar a mais de dois meses, no Hospital Carlos Macieira, instituição que presta atendimento aos servidores estaduais. A professora de escola pública estadual, Benedita Costa, denunciou que foi ao hospital solicitar três exames simples – sangue, urina e parasitológico – no dia seis deste mês e recebeu uma guia de autorização, com data de realização dos exames prevista para 15 de dezembro deste ano, ou seja, mais de dois meses após a data de solicitação.

“Ao invés de melhoria no atendimento, acontece o contrário: aumentam o tempo de espera do servidor. O usuário que tiver urgência no resultado de seus exames é obrigado a buscar os serviços em laboratórios particulares, diante da demora no atendimento do Macieira. Antes, após a autorização, o usuário poderia fazer o exame em um prazo máximo de trinta dias. Agora esse tempo duplicou”, desabafou a professora, que denuncia não somente como usuária, mas também fala em nome dos trabalhadores, como membro da Comissão Interestadual de Saúde do Trabalhador (CIST) e vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma).

De acordo com a assessoria de comunicação do HCM, o hospital está marcando os exames para dezembro por dificuldades financeiras, mas que os casos mais urgentes podem ser revistos no serviço de ouvidoria interna da instituição, que funciona de segunda à sexta, no horário de 7 às 17h.

FONTE: http://www.sinproesemma.com.br/

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br