15/04/2011 12:00 am

PREFEITURA DE SÃO LUÍS LIBERA OBRA DO ESPIGÃO DA PONTA D´AREIA

A Prefeitura de São Luís concedeu, nesta quinta-feira (14), o alvará de construção da fase estruturante do espigão da Ponta d´Areia. O documento foi entregue pessoalmente pelo prefeito João Castelo ao engenheiro Henry Duailibe, proprietário da Ducol Engenharia – empresa executora da obras – em reunião no Palácio La Ravardière.

 

O prefeito João Castelo afirmou que o empreendimento trará benefícios para a população e destacou as qualidades técnicas da empresa que a realizará a obra. “Como costumo dizer, a Prefeitura sempre apoiará as obras importantes para a cidade, colocando sempre o interesse público em primeiro lugar. Fico satisfeito de entregar o alvará a uma firma do gabarito da Ducol Engenharia LTDA. Tenho certeza que, agora, a obra vai”, afirmou.

 

Logo após receber das mãos do prefeito João Castelo o alvará que autoriza a construção do espigão, o engenheiro Henry Duailibe agradeceu o apoio irrestrito da prefeitura de São Luís para a sua execução.

 

O projeto do espigão é da Prefeitura São Luís, através de um estudo feito em parceria com a Vale do Rio Doce. Ele será executado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) através de um convênio federal conseguido pelo Governo do Estado.

 

Na oportunidade, o prefeito João Castelo fez a apresentação do projeto de urbanização da área onde ocorrerão as obras do Espigão, na Península da Ponta d´Areia.

 

O projeto, elaborado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), sob o comando do titular Domingos Brito, que é arquiteto e urbanista, contempla a revitalização da marina urbana, a requalificação do Espaço Cultural Bandeira Tribuzzi com a implantação do Centro de Gastronomia, parque para a proteção da orla, estacionamento e mirante, entre outras intervenções.

 

ESPIGÃOA ordem de serviço autorizando o início dos trabalhos será assinada nesta sexta-feira nas proximidades do Memorial Bandeira Tribuzzi. No total, a obra deve durar cerca de seis meses e custará algo em torno de R$ 12 milhões.

 

A estrutura do Espigão Costeiro terá 572 metros de extensão, com largura variando de sete metros, no ponto mais próximo da terra, a 13 metros. A altura varia de quatro a 14 metros. O ponto de construção será nas proximidades do Memorial Bandeira Tribuzzi. A obra tem o objetivo de conter a erosão e a força das águas principalmente na Península da Ponta d´Areia.

 

FONTE: http://www.saoluis.ma.gov.br/frmNoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=3197

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br