8/11/2010 12:00 am

PREFEITURA ACELERA OBRA DE RECONSTRUÇÃO DO MERCADO DA LIBERDADE

PREFEITURA ACELERA OBRA DE RECONSTRUÇÃO DO MERCADO DA LIBERDADE

A Prefeitura de São Luís está intensificando a obra de reconstrução do Mercado da Liberdade. Os serviços, orçados no valor de R$ 2 milhões e 500 mil reais, contemplam uma antiga reivindicação dos comerciantes e dos moradores do bairro. Nesta fase, realizada com recursos próprios da administração municipal, estão sendo construídos oito novos boxes e executada a reforma de 48 já existentes no local.

 

As intervenções consistem também na troca do piso, pintura, recuperação da parte hidráulica e elétrica, colocação de novos balcões revestidos com bandejas de inox, construção de galerias e esgotos, troca das grades, revestimento de cerâmica (lajota) e acabamento de granito. Na parte superior, as equipes realizam a reforma do telhado, da estrutura metálica e a recuperação da caixa d’água.

 

O novo Mercado da Liberdade será totalmente modernizado e readequado. Além dos equipamentos existentes, que serão renovados, o espaço vai contar com praça de alimentação, área de convivência, ambiente climatizado, exaustores eólicos e caixa eletrônico.

 

O gerente da obra, Alan Ricardson, disse que a conclusão dos serviços proporcionará melhores condições de conforto, higiene e segurança para os usuários, garantindo mais espaço e fluidez na comercialização dos produtos. Ele explicou, ainda, que os feirantes foram deslocados para outra parte da mercado, enquanto ocorrem as intervenções no local.

 

“Estamos tirando tudo que está deteriorado”, explicou o gerente da obra. Segundo ele, os boxes estão sendo ressetorizados com abertura de novos corredores. Cerca de 70 homens trabalham em ritmo acelerado para finalizar as intervenções.

 

O secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Júlio França, disse que a obra está ocorrendo “a todo vapor”, dentro do cronograma estabelecido. “Esta é a maior obra dos últimos 20 anos em termos de mercado público em São Luís”, destacou, ao afirmar que, depois deste, os outros mercados da capital também serão revitalizados.

 

Mercado mais dignoDurante a assinatura da ordem de serviço que determinou o início da execução da obra, ocorrida no dia 10 de agosto, o prefeito de São Luís, João Castelo, disse que o local necessitava de uma intervenção urgente pelas condições de abandono em que se encontrava. “Vamos fazer um novo mercado mais digno e à altura do que a população merece”, garantiu.

 

Na reforma, modernização e ampliação completa, o mercado ganhará praça de alimentação com restaurantes e lanchonetes, novo telhado, caixa d’água, muro de arrimo e piso novo.

 

A parte de baixo (1° nível) será dotada de 146 boxes e a parte de cima (2º nível) de 110 boxes, que contará com praça de alimentação e espaços para comercialização de artesanatos, confecções, bijuterias. O mercado terá, ao todo, 256 boxes e 200 bancas num total de 456 postos de trabalho.

 

O feirante Kleber Mendes, morador do bairro da Liberdade e que comercializa cereais no mercado há mais de dez anos, disse que, durante esse período, o espaço nunca havia passado por uma reforma.

 

“Desde o ano de 1991, quando foi inaugurado, o mercado nunca recebeu nenhum tipo de investimento. O novo espaço vai beneficiar bastante a gente; será bom para todos nós, tanto no que diz respeito ao atendimento, como também às vendas. Além do mais, o consumidor terá um local mais higienizado, limpo e agradável”, assinalou.

 

A Prefeitura construirá, também, sala da administração e disponibilizará um espaço destinado à capacitação e treinamento dos feirantes. O novo mercado contará com caixa eletrônico do Banco do Brasil para movimentação financeira de feirantes e consumidores, estrutura para venda com cartões de crédito e de débito e adaptações para pessoas portadoras de necessidades especiais.

 

FONTE: http://www.saoluis.ma.gov.br/frmNoticiaDetalhe.aspx?id_noticia=2660

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br