20/09/2011 12:00 am

Povo vai às ruas de Tóquio contra uso da energia nuclear

As principais ruas de Tóquio, no Japão, foram tomadas nesta segunda-feira (19) por cerca de 60 mil manifestantes. O protesto foi organizado para pressionar as autoridades japonesas a redobrar as atenções e os cuidados para evitar acidentes radioativos, como os registrados recentemente na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, no Nordeste do Japão. Os acidentes ocorreram há seis meses, em consequência do terremoto seguido por tsunami.

Os manifestantes gritaram várias palavras de ordem como “Fukushima nunca mais” e “O fim das usinas nucleares”. O protesto foi organizado por associações que defendem o fim do uso de energia nuclear.

O protesto contou com a presença do escritor Kenzaburo Oe, de 76 anos, Prêmio Nobel de Literatura de 1994. “Alguns dizem que é impossível viver sem a energia nuclear, mas é uma mentira”, disse Kenzaburo Oe . “A energia nuclear é sempre acompanhada de destruição e sacrifícios”, acrescentou o escritor.

O primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, prometeu anunciar em breve um plano que será executado no setor de energia nuclear a partir de 2012. Pela proposta, o governo se compromete a reduzir e substituir a energia nuclear por alternativas renováveis.

Os acidentes nucleares, ocorridos nos arredores de Fukushima, acenderam a luz de alerta não só no Japão como no mundo. A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) se reúne na próxima semana para definir medidas que visam aumentar a segurança de trabalhadores e moradores de regiões próximas a usinas.

Fonte: Agência Brasil

 

FONTE: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=164334&id_secao=9

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br