18/04/2011 12:00 am

POPULAÇÃO REVOLTADA QUEBRA ÔNIBUS NO TERMINAL DA COHAMA

POR VALQUÍRIA FERREIRA

Usuários do sistema de transporte coletivo quebraram no início da noite de ontem, por volta das 18h, quatro ônibus em protesto pela demora do carro que faz a linha “Terminais/BR-135”, no Terminal de Integração da Cohama. Esta é a segunda manifestação em menos de seis meses, organizada por usuários que necessitam dessa linha. A primeira aconteceu no Terminal do São Cristóvão.

Centenas de pessoas se mobilizaram, exigindo uma frota maior do ônibus, para atender à grande demanda que necessita usar o transporte coletivo. “Passei quase duas horas esperando o ônibus, não consegui entrar em nenhum veículo, por que são poucos e havia muita gente para pegar o ‘Terminais/BR-135’. Tem dia que chego atrasado à faculdade, por causa da demora”, contou o universitário Alexandro de Sá Lima, 22 anos.

O protesto começou quando um grupo de jovens, revoltados com a demora do ônibus, quebrou o veículo que faz a linha “Terminais/BR-135”, que estava parado. Segundo os manifestantes, um guarda municipal, tentando conter a revolta dos usuários, efetuou cinco disparos para o alto e outro começou a ofender os manifestantes chamando-os de vagabundos.

Após a reação dos guardas municipais, cerca de duzentas pessoas quebraram mais três veículos. “Não queremos brigar com guardas municipais, muito menos com a polícia. Queremos ter o nosso direito de ir e vir. Exigimos ônibus suficiente para atender à população”, disse a estudante Vanessa Nunes Pereira, 17 anos.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu um dos manifestantes, que ficou detido por cerca de uma hora. A população, revoltada, gritou pedindo que o manifestante fosse solto. “É um absurdo prender e algemar um trabalhador só porque ele está pedindo melhoria no transporte coletivo. Os bairros estão cheios de bandidos e a polícia não prende ninguém. Nós estamos reivindicando por melhoria para o ‘Terminais/BR-135’, queremos somente mais ônibus”, falou o estudante Paulo Ricardo, 30 anos. Depois de muita insistência, os militares liberaram o manifestante.

O protesto reuniu quase quatrocentos manifestantes e terminou por volta das 20h. Mas, somente a partir das 20h20 chegaram ao Terminal Integração da Cohama três ônibus da linha “Terminais/BR-135”, veículos que não foram suficientes para a demanda.

 

FONTE: http://www.jornalpequeno.com.br/2011/4/16/populacao-revoltada-quebra-onibus-no-terminal-da-cohama-152607.htm

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br