25/10/2010 12:00 am

POLÍTICA DE INTERIORIZAÇÃO É DEFENDIDA POR HADDAD EM MINAS

POLÍTICA DE INTERIORIZAÇÃO É DEFENDIDA POR HADDAD EM MINAS

Ao inaugurar o Centro de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal de Alfenas (Unifal), em Poços do Caldas (MG), na manhã desta segunda-feira, 25, o ministro da Educação, Fernando Haddad, reiterou que o projeto de interiorização das universidades e institutos federais de educação, ciência e tecnologia é uma realidade. “Foram 126 campi universitários fora dos grandes centros, que se somam aos 214 novos de institutos federais, formando uma rede consistente no interior do país”, afirmou.


Segundo Haddad, os investimentos do Ministério da Educação cumprem o disposto na Constituição de 1988, que determinou a interiorização da educação. O ministro lembrou que o Brasil superou o tempo no qual a educação era vista de forma compartimentada. “Entendemos que os investimentos em apenas uma etapa da educação básica ou da superior revelaram-se infrutíferos”, disse. Por isso, segundo o ministro, o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em 2007, contém proposta abrangente, da creche à pós-graduação.

Haddad citou o município de Poços de Caldas como exemplo dessa visão sistêmica da educação. Na cidade mineira, paralelamente à apresentação de resultados significativos na qualidade da educação básica, o ensino superior entrega um campus universitário, no qual 98% de professores têm doutorado. Ou seja, há investimento em todas as etapas da educação.

Campus — Na área destinada ao curso de bacharelado interdisciplinar em ciência e tecnologia do campus avançado de Poços de Caldas da Unifal foram entregues três prédios, com salas de aula, laboratórios e restaurante universitário, em seis mil metros quadrados de área construída.

O campus foi criado com recursos do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), que liberou aproximadamente R$ 6 milhões para as obras. Há previsão de instalação, nos próximos anos, de uma incubadora de empresas e de criação de um programa de mestrado em engenharia de materiais.

A unidade de ensino mineira oferece 264 vagas de ingresso por ano. Hoje, reúne 487 alunos matriculados, 37 professores e 17 técnicos administrativos.

Com atuação no sul e sudoeste de Minas Gerais, a Unifal foi criada em 2005, a partir da transformação em universidade do Centro Universitário de Farmácia e Odontologia de Alfenas. Inicialmente, as atividades limitavam-se ao município de Alfenas. Em 2009, surgiram os campi de Poços de Caldas, que vinha funcionando em instalações provisórias, e de Varginha.

 

FONTE: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=15978:politica-de-interiorizacao-e-defendida-por-haddad-em-minas&catid=212&Itemid=86

 

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br