13/02/2012 12:00 am

Policiais militares protestam em cidades do Paraná

Policiais militares protestam em cidades do Paraná

LUIZ CARLOS DA CRUZ
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE CASCAVEL (PR)

Policiais militares e bombeiros fizeram manifestações simultâneas em pelo menos sete cidades do Paraná na tarde desta segunda-feira para cobrar do governo reposição das perdas salariais acumuladas desde 1998. As manifestações foram pacíficas e reuniram policiais que estavam de folga e seus familiares.

Em Cascavel (498 km de Curitiba), a manifestação reuniu aproximadamente 80 pessoas em frente à catedral Nossa Senhora Aparecida, no centro da cidade.

Empunhando faixas e vestindo camisetas com palavras de ordem, eles cobraram do governo a reposição das perdas. “Queremos deixar a população ciente de que estamos mobilizados”, disse o cabo Gildomar Trevisan, um dos líderes da manifestação.

Em Foz do Iguaçu, na tríplice fronteira, o movimento diz ter reunido mais de 200 pessoas na praça Naipi. Em Toledo, no oeste do Estado, a concentração foi em frente ao Horto Municipal. Segundo os organizadores, reuniu 70 policiais da cidade e municípios vizinhos.

Em Londrina, na região norte do Paraná, a manifestação foi comandada pelas mulheres dos policiais.

Houve protestos também nas cidades de Umuarama e Guarapuava.

As manifestações acontecem após o fim da greve de policiais na Bahia, que durou mais de uma semana. No Rio, os policiais militares também entraram em greve e devem decidir nesta segunda-feira se mantém a paralisação.

Os PMs pedem aumentos salariais e pressionam pela aprovação da emenda constitucional PEC 300 (que prevê um piso salarial nacional para a categoria, entre outras melhorias).

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1048232-policiais-militares-protestam-em-cidades-do-parana.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br