19/01/2012 12:00 am

Policiais militares do Pará decidem hoje se entram em greve

Policiais militares do Pará decidem hoje se entram em greve

AGUIRRE TALENTO
DE BELÉM

Os policiais militares e bombeiros militares do Pará decidem nesta quinta-feira se entram em greve para pressionar o governo a aumentar o reajuste salarial.

O governo do Estado fez anteontem uma proposta de reajustes que variam de 14,13% a 22,4%. A categoria ainda analisa a proposta.

A Associação dos Cabos e Soldados afirma que o reajuste ideal é de 100%, e que ainda assim não seria suficiente para repor as perdas salariais dos últimos anos.

“Mas estamos dispostos a negociar. Um dos principais pontos é que haja um escalonamento vertical: tem que ser o mesmo reajuste para toda a hierarquia da corporação”, disse Artur Soares, vice-presidente da associação.

Integrantes de associações dos policiais estão reunidos em frente ao Centro Integrado de Governo, onde representantes dos policiais estão reunidos com o governo discutindo os percentuais de reajuste.

Depois da reunião, os policiais militares e bombeiros farão uma assembleia onde decidirão sobre a greve.

O governo do Pará afirma que, com a atual proposta de reajuste, os policiais militares do Estado serão os oitavos mais bem pagos do Brasil.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1036590-policiais-militares-do-para-decidem-hoje-se-entram-em-greve.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br