7/12/2011 12:00 am

Polícia grega atira gás lacrimogêneo contra manifestantes

Polícia grega atira gás lacrimogêneo contra manifestantes

DA REUTERS, EM ATENAS

A polícia grega atirou gás lacrimogêneo nesta terça-feira contra dezenas de manifestantes em Atenas que jogaram bombas caseiras e pedras, enquanto centenas marchavam ao Parlamento para lembrar a morte de um estudante pela polícia, em 2008.

Naquele ano, o assassinato de Alexandros Grigoropoulos, aos 15 anos, desencadeou os piores tumultos no país em décadas.

O comparecimento foi menor na marcha desta terça-feira em comparação com os protestos semelhantes realizados nos anos anteriores, mas a manifestação se tornou violenta depois que jovens mascarados começaram a atirar bombas caseiras e pedaços quebrados de paralelepípedos contra a polícia.

Duas pessoas ficaram levemente feridas, segundo a polícia.

Confrontos menores irromperam entre manifestantes e policiais em outras áreas da capital grega e na cidade de Salônica, no norte do país.

Manifestantes gritavam palavras de ordem contra as medidas de austeridade do governo e seguravam cartazes com frases como “Revolução Social Agora” ao marchar para o Parlamento.

Desde que a crise de dívida começou na Grécia em 2009, os gregos, que foram afetados pelas medidas de austeridade, têm realizado protestos com frequência. Muitas vezes, essas manifestações têm se tornado violentas, com a polícia e jovens manifestantes entrando em confronto em frente ao Parlamento.

Em 2008, milhares de pessoas enfrentaram a polícia depois que Alexandros Grigoropoulos foi morto a tiros. Eles danificaram lojas, atacaram prédios públicos e incendiaram carros, transformando o centro de Atenas em uma aparente zona de guerra durante semanas.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1017258-policia-grega-atira-gas-lacrimogeneo-contra-manifestantes.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br