16/02/2012 12:00 am

Polícia civil aprova indicativo de greve no Paraná

Polícia civil aprova indicativo de greve no Paraná

 

Em assembleia, os policiais civis do Paraná aprovaram, ontem (15), um indicativo de greve e o início de uma operação padrão a partir de hoje. Com a decisão, a paralisação de todas as atividades da Policia Civil começa em 48 horas, a partir do sábado (18) de carnaval.

 

 

Segundo o presidente do Sindicato ds Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol), André Gutierrez, a entidade pretende comunicar oficialmente ainda hoje a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) sobre o indicativo de greve da categoria.

 

No início da tarde desta quarta, o Governo do Paraná, Beto Richa (PSDB), apresentou proposta de reajuste de 26% (20% mais reposição da inflação) para policiais civis de 4ª e 5ª classes. Os oficiais de 1ª, 2ª e 3ª classe receberiam apenas a reposição da inflação, o que foi rejeitado. Os Civis do Paraná exigem que o subsídio seja implantado com a incorporação de benefícios com salário inicial de, no mínimo, R$ 5.750,00. Atualmente, é de R$ 2.700,00.

 

“Os policiais estão descontentes com a proposta do governo. Vamos, agora, fazer operações pontuais dentro da legalidade. Isso significa, por exemplo, que nas delegacias vamos cumprir apenas o que é determinação da Polícia Civil”, avisou Gutierrez, reforçando que o mínimo de manter 30% no atendimento à população será respeitado.

 

Durante a operação padrão, onde a Polícia Civil deverá atuar somente em funções atribuídas ao seu estatuto, devem deixar de ocorrer a guarda de presos encarcerados em delegacias e o registro de prisões em flagrante sem acompanhamento de um delegado.

 

Com informações do Sinclapol

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=175897&id_secao=8

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br