23/11/2010 12:00 am

PF CUMPRI MANDADOS DE PRISÃO DE ÍNDIOS

PF CUMPRI MANDADOS DE PRISÃO DE ÍNDIOS 

Oitos índios da aldeia Canabrava estão detidos na sede da Polícia Federal e devem ser encaminhados ao Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), no Anil hoje. As prisões são parte da Operação Barra Limpa e foi realizada para fazer cumprir 36 mandados onde pesam contra os indígenas acusações de assaltos, sequestros, estupros e tráfico de drogas. Os indígenas foram presos em Barra do Corda, na madrugada de ontem. Entre os detidos, um não-branco. Estes presos seriam os mais perigosos de um bando que vem praticando crimes na região. Entre ele há acusados de estupro, tráfico de drogas e homicídio. Os indígenas ficarão presos por pelo menos 30 dias à espera de decisão da justiça quanto às acusações. Os interrogatórios vão ser conduzidos pela Polícia Civil de Barra do Corda. Todos os presos estiveram envolvidos na interdição da BR-226, que culminou com cinco índios e um delegado feridos.

Os próprios caciques ajudaram a polícia a prender os indígenas, alegando serem estes os responsáveis pelos crimes ocorridos no trecho da BR que compreende a aldeia. Às 2h da madrugada de ontem, policiais da Federal entraram na vasta área, que abriga 46 aldeias e passa em três municípios – Barra do Corda, Grajaú e Jenipapo do Vieiras. Por volta das 10h os oito acusados foram localizados e detidos. Com o apoio dos caciques a polícia conseguiu identificar os acusados e junto à polícia civil da região procedeu as buscas e prisões. “Os índios não resistiram quando viram não poder ir contra os chefes da aldeia, que os apontaram como acusados”, disse o delegado e coordenador da operação, Luís André Almeida. 

FONTE: http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=65469

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br