20/07/2012 12:00 am

Peru: Organizações preparam jornada em apoio à Cajamarca

Peru: Organizações preparam jornada em apoio à Cajamarca

 

Nesta sexta-feira (20) vários países participam  da ‘Jornada Internacional de Apoio a Cajamarca’ com a intenção de se solidarizar com a região peruana que sofre pela imposição do projeto mineiro Conga.

 

A jornada consistirá na realização de ações em frente às embaixadas e consulados do Peru em diversas cidades do mundo. As palavras de ordem serão defesa dos recursos naturais e da soberania.

Convocada por 12 organizações, associações e plataformas de dentro e fora do Peru impulsionadas pela consciência de que todos são irmãos “com inimigos comuns”.

 

Também está em curso uma campanha de coleta de assinaturas para repudiar a violência indiscriminada exercida pelas forças do Governo contra manifestantes cajamarquinos. Até o momento, 32 organizações nacionais e internacionais e mais de 400 pessoas já aderiram a esta mobilização e assinaram a petição. Nesta sexta-feira (20), as firmas serão entregues durante as ações realizadas em frente às embaixadas e consulados.

 

dentro deste contexto de apoio à luta da população de Cajamarca, os povos Aymaras realizarão uma greve de 24 horas. Com o apoio do Sindicato Unitário de Trabalhadores na Educação do Peru (Sutep), de transportadores e de associações estaduais, a Frente de Defesa dos Recursos Naturais de Zona Sul de Puno pretende realizar uma manifestação contundente para mostrar solidariedade com o povo de Cajamarca e cobrar do presidente Ollanta Humala promessas ainda não cumpridas.

 

Em entrevista ao La República, o presidente da Frente de Defesa, Hermes Cauna Morales, informou que esta ação é preventiva, mas caso Humala não responda às demandas populares – como o asfaltamento de rodovias e a implantação da irrigação – as manifestações serão radicalizadas depois de 28 de julho.

 

Manifestações pelo Mundo

 

Em Lima, capital peruana, a ação da Jornada Internacional de Apoio a Cajamarca acontecerá na Praça San Martín, a partir das 17 horas. Em Paris a manifestação solidária está marcada para o mesmo horário e acontecerá na Embaixada do Peru (50, Avenida kléber 75116, Metrô Klever). Em Berlin a ação em frente à Embaixada (42 Mohrenstr 10117) começa às 10h. Já em Hamburgo acontece às 11h, no Consulado Geral (Blumenstrasse 28, 22301).

 

A população argentina também prestará solidariedade aos irmãos cajamarquinos. Em Buenos Aires a ação em frente à Embaixada acontecerá às 19h na Avenida del Libertador 1720. Em Madri (Espanha) a atividade ligada à Jornada acontece às 13h em frente à Embaixada (Príncipe de Vergara, 36 28001) e às 20h30 em Puerta del Sol. Em Bruxelas, maior cidade da Bélgica, ativistas vão se reunir na Embaixada peruana (179, Av de Tervusen 1150) às 17h.

 

Na capital da Inglaterra (Londres) à ação acontece às 13 horas na Embaixada do Peru (52 Sloane Street – London SW1X 95P). Na Suíça, a Jornada acontece às 10h, em Zurique, no Consulado Geral do Peru (Lowenstrasse 69, 8001). E na Suécia, em Estocolmo, ativistas se reúnem ao meio dia também em frente à Embaixada do Peru (Kommendörsgatan 35 NB, 114 58, Stockholm).

 

Petição ‘Nem mais uma morte em Cajamarca’

 

Fonte: Adital

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=189003&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br