9/11/2010 12:00 am

PAULO BERNARDO DIZ QUE GOVERNO ESTUDA CRITÉRIOS BASEADOS EM LEI PARA O REAJUSTE DO BOLSA FAMÍLIA

PAULO BERNARDO DIZ QUE GOVERNO ESTUDA CRITÉRIOS BASEADOS EM LEI PARA O REAJUSTE DO BOLSA FAMÍLIA

Daniel Lima
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, informou hoje (9) que o governo estuda um critério, que será estabelecido em lei, para o reajuste do Programa Bolsa Família. A fórmula ainda não está definida, mas o tema é de conhecimento da presidenta eleita, Dilma Rousseff.

“A preferência para um critério estabelecido em lei é para evitar, por exemplo, o que aconteceu antes, quando aumentamos [o valor da Bolsa] e disseram que era para ganhar eleições municipais”, explicou o ministro.

Para Paulo Bernardo, atrelar o reajuste do Programa Bolsa Família a algum índice ou critério pré-estabelecidos não significa voltar a indexar a economia. Ele lembrou que o governo já tem um critério específico para o reajuste do salário mínimo, que é a soma da inflação do ano anterior mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores. No caso do Bolsa Família, segundo o ministro, um índice de preços poderia ser adotado para a correção, como o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O ministro Paulo Bernardo recebeu hoje o relator do Orçamento da União de 2011, senador Gim Argello (PTB-DF). O parlamentar manifestou sua preocupação com as emendas de parlamentares, que, segundo ele, se fossem acatadas elevariam as despesas em mais de R$ 30 bilhões.

Paulo Bernardo estimou que o governo poderá dobrar os investimentos na economia em quatro ou cinco anos, se os gastos correntes forem menores do que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). “Acho impossível cortar gastos correntes. Mas se a gente contiver o crescimento dos gastos correntes e adotar critério para que isso seja mantido, acho possível”, disse.

Edição: Fernando Fraga

FONTE: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ultimasnoticias;jsessionid=70B0257CA9A38B3A8B04EB78239F6A91?p_p_id=56&p_p_lifecycle=0&p_p_state=maximized&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-1&p_p_col_count=1&_56_groupId=19523&_56_articleId=1098270

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br