16/07/2012 12:00 am

Parlamento Europeu vai verificar situação política do Paraguai

Parlamento Europeu vai verificar situação política do Paraguai

 

Três semanas depois da destituição do presidente legitimanerte eleito, Fernando Lugo, uma missão especial do Parlamento Europeu visita Assunção, capital do país, para reuniões com o presidente paraguaio, Federico Franco, e autoridades paraguaias. A missão, formada por oito pessoas (da Alemanha, Espanha, França e Polônia), ficará até esta terça-feira (17) na capital paraguaia.

 

Franco recebe o grupo por volta das 11h30, segundo a agenda oficial divulgada pela Presidência da República do Paraguai. Porém, os europeus têm reuniões também com parlamentares e empresários. Anteriormente à visita da missão, um grupo de 30 deputados do Parlamento Europeu (formado por 754 parlamentares) condenou a destituição de Lugo.

 

A missão do Parlamento Europeu é liderada pelo deputado espanhol Luis Yañez-Barnuevo. Franco convocou o ministro das Relações Exteriores do Paraguai, José Félix Fernández Estigarribia, para participar da reunião. Paralelamente, há uma série de protestos marcados para ocorrerem durante a visita dos europeus.

 

Lugo foi submetido a um processo relâmpago de impeachment no Senado e na Câmara concluído em menos de 24 horas. O Mercosul condenou a decisão de destituição. Por decisão unâmime, o bloco suspendeu o Paraguai até as eleições de abril de 2012, quando será eleito o novo presidente e o país retornará à via democrática.

 

A Constituição do Paraguai proíbe a reeleição presidencial e não permite antecipação das eleições.

 

Com Agência Brasil

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=188572&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br