17/09/2012 12:00 am

Paraguaios se mobilizam com protestos e greves por todo o país

Paraguaios se mobilizam com protestos e greves por todo o país

 

Trabalhadores despedidos por razões políticas e professores reivindicando pagamentos que não foram feitos pelo Executivo, encabeçaram, junto a camponeses sem terra, grandes protestos contra o governo paraguaio na semana passada.

 

Os sindicatos das categorias e a Frente Guasú, coalizão de partidos e organizações de esquerda, calcularam que mais de 2 mil trabalhadores e servidores públicos estão parados em diversos organismos estatais.

 

Destacam-se os trabalhadores da hidroelétrica binacional Itaipú, do Ministério de Ação Social e da Empresa de Serviços Sanitários.

 

Educação

 

Os professores decidiram paralisar os trabalhos durante três dias e, em assembleia geral, chamaram uma grande manifestação nesta capital e atos similares nos departamentos do interior do país.

 

Os manifestantes querem que 16 mil educadores passem a ganhar o salário mínimo estabelecido pela lei e negado até agora, além do acesso de outros milhares de bonificações aprovadas em casos de maternidade e outros. Após diversas conversas com o Ministério de Educação, não tiveram êxito nas reivindicações.

 

Está marcada para o dia 27 de setembro uma nova paralisação, mas desta vez por tempo indeterminado.

 

Com Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=193885&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br