21/05/2012 12:00 am

Paraguai pede para ratificar participação no Banco do Sul

Paraguai pede para ratificar participação no Banco do Sul

 

 O governo paraguaio pediu ao Parlamento para ratificar o convênio de participação no Banco do Sul, de acordo com uma solicitação oficial do Ministério de Relações Exteriores.

 

O convênio do Banco entrou em vigor no mês de abril e os documentos de sua ratificação já foram consignados por Argentina, Bolívia, Equador, Uruguai e Venezuela, sócios fundadores da entidade. Chile e Peru participam como observadores,  já o Paraguai e o Brasil não ratificaram ainda o mencionado documento em seus respectivos parlamentos.

 

O Banco outorgará créditos para projetos de desenvolvimento levados adiante pelos 12 países integrantes da União de Nações Sul-americanas (Unasul). Além da sede principal, em Caracas, o Banco terá subsedes em Buenos Aires e La Paz.

 

O Paraguai é o país que deverá contribuir com a menor quantidade de fundos para o funcionamento do Banco do Sul, pois os acordos adotados inicialmente lhe atribuem somente 100 milhões de dólares em seu caráter de membro e por ter direito a receber os créditos mencionados.

 

A comunicação do Ministério de Relações Exteriores, que deu entrada oficial ao Parlamento, colocará novamente sobre a mesa o debate sobre o tema e tem como objetivo atingir um consenso para permitir ao Paraguai desfrutar dos benefícios de seu funcionamento.

 

Prensa Latina

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=183803&id_secao=7

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br