20/06/2012 12:00 am

Paraguai fará investigação com OEA sobre conflito com sem-terra

Paraguai fará investigação com OEA sobre conflito com sem-terra

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, anunciou nesta quarta-feira que formará uma comissão especial para investigar o incidente envolvendo policiais e sem-terra, em que 17 pessoas morreram, na última sexta-feira. O grupo terá apoio de um diplomata da OEA (Organização dos Estados Americanos).

Em entrevista coletiva, Lugo explicou que a comissão será formada por representantes da sociedade civil paraguaia e prometeu uma investigação independente à feita pela Justiça sobre os crimes ocorridos no confronto.

O mandatário disse que a intenção é “que os cidadãos saibam do ocorrido sem as turbulências causadas pelo apetite político e os interesses econômicos”. Os nomes dos integrantes serão divulgados enquanto a comissão estiver se formando.

Na sexta (15), seis policiais e onze trabalhadores sem terra morreram em confronto em uma fazenda na cidade de Curuguaty, a 350 km da capital Assunção. A propriedade, pertencente ao empresário paraguaio Blas Riquelme, foi ocupada pelo grupo, que reivindica reforma agrária.

Após a ação, foram demitidos o ministro de Justiça, Carlos Filizzola, e o chefe de polícia, Paulino Rojas. A Justiça ainda pediu a prisão preventiva de 12 sem-terra, sob a suspeita de terem usado armamento de alto impacto, como fuzis americanos M-16.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1107807-paraguai-fara-investigacao-com-oea-sobre-conflito-com-sem-terra.shtml

CONTATOS

facebook.com/observatorio

(98) 99999-9999

observatoriopoliticaspublicaslutasociais@yahoo.com.br